Nº1065

 

Novo ano letivo: Oração para recomeçar...

Senhor da nossa vida, da nossa história e do nosso tempo,  

eis-nos de regresso aos nossos trabalhos e às nossas rotinas habituais. 

Habituámo-nos a dividir o tempo em fases, etapas e ciclos 

e chegou a hora de voltarmos às nossas ocupações do costume  

e de voltarmos a estar nos espaços e com as pessoas que conhecemos bem. 

Obrigado pelo período de férias de que beneficiámos  

e que tão bem nos fizeram ao corpo e à alma. 

Temos a sensação de que soube a pouco, que custa começar tudo outra vez  

e que nos faltam as energias que procuramos recuperar  

no tempo de descanso e de lazer que já lá vai  

e que precisávamos de mais uns dias para nos prepararmos para mais um ano. 

Talvez não tenhamos aproveitado o tempo livre como seria desejável 

e podíamos ter sido bem mais criativos e comprometidos  

no encontro connosco mesmos, com os outros e contigo. 

Ajuda-nos a recomeçar esta nova etapa com a certeza  

de que caminhas connosco na descoberta da vida,  

no conhecimento do mundo, na procura do sentido da existência  

e na construção de uma humanidade mais fraterna e solidária. 

Dá-nos a consciência de que somente com humildade,  

empenho e esforço podemos alcançar os nossos objetivos,  

concretizar os nossos projetos e realizar os nossos sonhos. 

Dá-nos perseverança e confiança para enfrentarmos  

todos os obstáculos que iremos encontrar e que nada nem ninguém  

nos afaste dos nossos ideais, valores e princípios de vida. 

Ajuda-nos a vencer a preguiça e o comodismo  

que nos impedem de ter sucesso nos nossos afazeres quotidianos  

e que nunca caiamos no desânimo nem na tentação de desistir  

diante das dificuldades. 

Neste novo recomeço, que tenhamos a humildade  

e a simplicidade das crianças que acolhem a experiência,  

o conhecimento e os conselhos dos mais velhos,  

assim como a coragem e o atrevimento dos aventureiros e dos exploradores. 

Senhor, que és o princípio, o fim e o sentido de todas as coisas  

e és para toda a humanidade, o caminho, a verdade e a vida,  

dá-nos o dom da sabedoria e que façamos o nosso caminho contigo  

e uns com os outros com fé, esperança e amor.  

Amém. 

Paulo Costa (Adaptado)

 

MEDITAR

SEGUIDORES LÚCIDOS

É um erro fingir ser “discípulos” de Jesus para parar para refletir sobre as exigências concretas de seguir os seus passos e sobre a força que devemos ter para fazê-lo. Jesus nunca pensou em seguidores inconscientes, mas em pessoas lúcidas e responsáveis.

As duas imagens que Jesus usa são muito concretas. Ninguém começa a «construir uma torre» sem refletir sobre como deve agir para a terminar. Seria um fracasso começar a «construir» e não conseguir terminar a obra iniciada.

O Evangelho que Jesus propõe é um modo de «construir» a vida. Um projeto ambicioso, capaz de transformar a nossa existência. Por isso, não é possível viver de forma evangélica sem parar para refletir sobre as decisões que devem ser tomadas a todo o momento.

Também claro o segundo exemplo. Ninguém enfrenta inconscientemente um adversário que vemos atacar com um exército muito mais poderoso sem antes refletir se esse combate terminará em vitória ou se será uma derrota. Seguir Jesus é enfrentar os adversários do reino de Deus e a sua justiça. Não é possível lutar pelo reino de Deus de forma alguma. É preciso lucidez, responsabilidade e decisão.

Você dá-nos exemplos, repete-se ou mesmo: você “senta-se” para refletir sobre as demandas, os riscos e as forças com que contamos para realizar a tarefa. Segundo Jesus, entre os seus seguidores sempre será necessário meditar, ou debater, refletir. Caso contrário, o projeto cristão pode ficar inacabado.

É um erro sufocar o diálogo e impedir o debate na Igreja de Jesus. Precisamos mais do que nunca deliberar juntos sobre a conversa que nós, os nossos seguidores, temos que viver hoje. Nós "nos sentamos" para pensar com que forças temos para construir o reino de Deus na sociedade moderna. Caso contrário, a nossa evangelização será uma «torre inacabada».

 

José Antonio Pagola

 

Escutar é um gesto de amor

O silêncio de alguém perante as nossas palavras é um sinal claro de respeito e admiração. Dar-nos o seu tempo e espaço, concede-nos um pedaço da sua vida. Por vezes, ter alguém que me escute é tudo quanto basta para me ajudar de forma decisiva.

Uma pergunta autêntica seguida de um silêncio atento é um convite a que uma vida toque na outra, um pedido de ajuda para que o outro tire partido do que sou.

Há muitos que julgam que já sabem tudo, satisfazem-se com a pequenez e nunca alargam os seus horizontes. Chega-lhes o que já foram, o futuro parece servir-lhes só como tempo para usufruir do passado.

Por outro lado, há outros que, com um sorriso, não desistem de ser sempre mais. Agradecidos pelo que já têm, lutam por aquilo que lhes falta. Honram o dom da sua vida porque se desafiam sempre a ser mais.

Aprende a escutar. Coloca o espírito acima do teu ego e fixa a tua atenção naquele que te fala, ouve as palavras e escuta as suas ideias.

Escutar implica que eu oiça o outro, ao mesmo tempo que escuto o mais fundo de mim.

Ao escutar, procura compreender, não estejas a ouvir apenas para responder.

Escuta até ao fim. Não tenhas pressa, por vezes demora muito tempo para que alguém consiga libertar-se do que lhe pesa ou do que lhe é mais íntimo… as aproximações e tentativas que faz não são falhas, fazem já parte do processo, não as interrompas.

E depois de escutares, se te esqueceres de falar, mas não de tentar compreender mais fundo o que te foi dito, então talvez tenhas encontrado um dos caminhos para a verdade.

Lembra-te que é preciso muita coragem para alguém se dispor a escutar e a aprender. Agradece-o a quem o faz por ti.

Os rancores e as desarmonias são, muitas vezes, consequência direta da ignorância. Conhecer o outro é meio caminho para o amar.

Dá espaço e tempo. Dá-te. Ama, entregando ao outro a tua presença e o teu silêncio.

Só ama quem escuta.

 José Luís Nunes Martins

 

PENSAMENTO DA SEMANA

 

Deus,

dá-me a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não posso mudar;
Coragem para mudar as coisas que posso,
E sabedoria para entender a diferença!
Viver dia a dia
Apreciar um momento de cada vez.
Aceitar as dificuldades como parte do caminho para a paz
Confiando de que Ele fara tudo bem feito
Se eu me submeter à Sua vontade;
Que eu possa ser feliz nesta vida,
E muito feliz com Ele para sempre
Na próxima vida.

 

Reinhold Niebuhr

 


 

INFORMAÇÕES

  

FESTA DE NOSSA SENHORA DO SOCORRO

BISCOITOS

            Tríduo - 6, 7 e 8 de setembro às 19 horas.

            Confissões - dia 8 de setembro das 18 às 19 horas.

            Festa -  11 de setembro:

                      - Eucaristia de festa às 12 horas. Procissão às 18h30 minutos.

 

                            FESTA DE NOSSA SENHORA DE LURDES

FAJÃ DOS CUBRES

Tríduo - 7, 8 e 9 de setembro às 19h30 horas.

Festa -  11 de setembro:

              - Eucaristia de festa às 11 horas, a seguir as arrematações e procissão.


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº1065

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 1068

Pensamento da Semana

 

PENSAMENTO DA SEMANA

 

É ali, bem lá ao fundo, onde o sol se esconde para dormir...

É ali, onde o mar parece acabar, mas não acaba, onde a luz se espalha ao comprido como se estivesse cansada de irradiar...

É ali, naquela linha, vês?

Ali o Céu e a Terra marcaram encontro e trocam segredos, daqueles que são mesmo segredo porque ninguém sabe, só eles...

Ali, ambos se unem no beijo mais longo e apaixonado que algum dia existiu...

Ali, naquela linha, os sonhos nascem e voam até encontrarem corações abertos que os possam acolher e transformar em realidade...

Ali, aquele lugar, chama-se horizonte e eu moro lá muitas vezes...

Eugénia Pereira

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

Visitas


Ver Estatísticas