Nº 685

 

CAMINHA A MEU LADO
Não lutes e não te esforces tanto, meu filho.
Não tens qualquer corrida a terminar, uma razão a provar,
um obstáculo a ultrapassar para ganhares o meu amor.
Já to dei.
Amei-te desde antes do primeiro sopro da criação.
Sonhei-te tal como moldei Adão a partir da lama.
Vi-te molhado quando saíste do ventre.
E então amei-te.
 

 

Aceita o meu jugo e aprende comigo, porque o meu jugo é agradável e o meu fardo é leve.

 

Para de correr mais depressa que o teu passo;

 

Acabarás esgotado, sem forças, e consumido, antes de concluída a tarefa.

 

Avança ao meu ritmo, caminha a meu lado.
 

 

Pensas que não sei das exigências da tua vida?

 

Vejo-te lutares pela perfeição, ansioso por que te aceite.

 

Vejo-te contorceres-te para te adaptares à imagem que tens de mim.

 

Imaginas que não sabia quem eras quando te fiz, quando te teci no ventre da tua mãe?

 

Pensas que plantei uma figueira esperando que florissem rosas?

 

Não, filho, eu semeei o que queria colher.
 

 

Tu és o meu filho preferido.

 

Procura a tua alegria mais profunda e aí me encontrarás.

 

Descobre o que te faz ser mais verdadeiramente tu próprio

 

e fica a saber que aí estarei.
 

 

Pergunta-me o que te apetecer.

 

A minha resposta é amor.

 

Quando quiseres ouvir a Minha voz,

 

Tenta escutar o amor.

 

Como podes agradar-Me?

 

Dir-te-ei: Amor.

 

Queres conhecer-Me?

 

Anseias por Me seguir?

 

Queres chegar até mim?

 

Procura e dá amor.
 

 

Desmond Tutu e Mpho Tutu (adaptado)

 

 
V DOMINGO DA QUARESMA
Deus está aqui
Um homem abandonou a sua esposa e os seus filhos, pois sentiu uma sede infinita de se encontrar com Deus. Depois de muito caminhar, viu um peregrino e falou-lhe do seu propósito:

 

 - Procuro a Deus. Leva-me até Ele.

 

 O Peregrino respondeu que sabia bem onde encontrá-lo. Era preciso que se deixasse conduzir:

 

 - Mas, para te levar até junto de Deus, preciso de vedar os teus olhos. Só os abrirás quando te disser.

 

 Puseram-se os dois a caminho. O homem de olhos tapados, foi enchendo o seu coração do esplendor da luz divina, cada vez mais forte até que tirou a venda, abriu os olhos e ... viu-se em sua casa, ao lado da mulher e dos filhos. Era ali que Deus estava.

 

 Jesus, no Evangelho de hoje, diz:

 

 - Onde eu estiver, ali estará também o meu servo.

 

Então podemos concluir que onde estivermos aí estará o Senhor. Não precisamos de sair para longe pois Ele está bem perto. Imprimiu no íntimo da nossa alma e gravou no nosso coração o seu selo.

 

Também nós queremos conhecer Deus. Se soubéssemos que Deus estava no cimo de uma montanha, não nos furtaríamos a esforços para lá chegar. Mas afinal Ele está bem mais próximo, ao nosso lado, nos nossos irmãos e até dentro de nós. Basta abrir os olhos.

 

Pe. José David Quintal Vieira, scj

 

 

 

 
MEDITAR
 
As Mãos do Meu Pai

 

 

 

As tuas mãos tem grossas veias como cordas azuis
sobre um fundo de manchas já cor de terra
— como são belas as tuas mãos —
pelo quanto lidaram, acariciaram ou fremiram
na nobre cólera dos justos…

 

 

 

Porque há nas tuas mãos, meu velho pai,
essa beleza que se chama simplesmente vida.
E, ao entardecer, quando elas repousam
nos braços da tua cadeira predileta,
uma luz parece vir de dentro delas…

 

 

 

Virá dessa chama que pouco a pouco, longamente,
vieste alimentando na terrível solidão do mundo,
como quem junta uns gravetos e tenta acendê-los contra o vento?

 

Ah, Como os fizeste arder, fulgir,
com o milagre das tuas mãos.

 

 

 

E é, ainda, a vida
que transfigura das tuas mãos nodosas...
essa chama de vida — que transcende a própria vida...
e que os Anjos, um dia, chamarão de alma…

 

 

 

Mario Quintana

 

 
CONTO (545)
 
AS TRÊS ÁRVORES
Num grande bosque da Ásia Menor, três árvores ainda jovens pediram a Deus que lhes desse destinos importantes e diferentes.

 

A primeira queria que a sua madeira fosse empregada no trono do mais alto soberano da terra.

 

Depois de ouvi-la, a segunda pediu para ser usada na construção do carro que transportaria os tesouros desse poderoso rei.

 

E a terceira desejou ser transformada numa torre, nos domínios do mesmo rei, para mostrar o caminho do Céu.

 

Quando terminaram de dizer as suas preces, Deus enviou à mata um mensageiro seu, para que elas soubessem que os seus pedidos seriam atendidos.

 

Passado muito tempo, quando elas já estavam crescidas, vieram alguns lenhadores e derrubaram as três árvores, deixando muito tristes as árvores vizinhas.

 

Elas foram arrastadas para fora do bosque.

 

Perderam os seus galhos, folhas e raízes, mas não perderam a fé nas promessas do Criador.

 

E se deixaram conduzir, com paciência e humildade...

 

Mas elas jamais podiam imaginar o que veio a acontecer, depois de muitas viagens!

 

A primeira árvore caiu nas mãos de um criador de animais, que mandou transformá-la num grande cocho, para seus carneiros.

 

A segunda foi comprada por um construtor de barcos.

 

A terceira foi recolhida à cela de uma prisão, para ser aproveitada futuramente.

 

As três árvores, mesmo separadas e em grande sofrimento, continuaram acreditando nas palavras do mensageiro celeste.

 

No bosque, porém, as outras plantas haviam perdido a fé no valor das preces.

 

E ficaram surpresas ao saber que, muitos anos mais tarde, as três árvores viram os seus desejos atendidos...

 

A primeira foi forrada com panos singelos e serviu de berço para Jesus recém-nascido.

 

A segunda, na forma de uma barca de pescadores, foi usada por Jesus para transmitir, sobre as águas, belos ensinamentos.

 

A terceira árvore, transformada apressadamente numa cruz, seguiu junto com o Mestre para o Gólgota.

 

Ali, erguida no alto do monte, ela guardou valentemente o corpo de Jesus e recebeu o seu coração cheio de amor pela humanidade E assim, indicava o verdadeiro caminho do Reino de Deus.

 

 

Algumas pessoas são tão pobres que Deus só pode aparecer-lhes na forma de pão.

 

 M. Gandhi

 Se perguntarmos a alguém se o mundo deve mudar, ninguém diz «não». Mas se perguntarmos se esse mesmo alguém tem de mudar, quem dirá «sim»?

 


INFORMAÇÕES

 

CONFISSÕES

Norte Grande e Norte Pequeno - dia 25 de março às 14h00.

Manadas e Biscoitos - dia 25 de março às 16h00.

Beira - dia 25 de março às 18h00

 

Ribeira Seca – dia 27 de março às 16h00.

 

Calheta - dia 27 de março às 19h00.

 

Urzelina - dia 29 às 17h00.

 

 

MUSEU FRANCISCO LACERDA

Está aberto ao público a Mostra de Miniaturas de Rui César Teixeira, no Museu de Ilha, Francisco Lacerda, de 13 de março a 30 de abril de 2015.

 

CLÍNICA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DA CALHETA

A Associação de Bombeiros Voluntários da Calheta informa que estarão na Clínica da Instituição os seguintes especialistas: Dr.ª Alexandra Dias, pediatra, em junho; Dr. Brasil Toste, otorrinolaringologista, em finais de março (dia ainda por estabelecer); Dr.ª Rute Couto, cardiologista, nos dias 10 e 11 de abril; Dr.ª Paula Pires, neurologista, nos dias 13 e 14 de abril; Dr. José Abreu Freire, mamografia e ecografia, em abril de 2015 (dias ainda por estabelecer). Os interessados podem fazer as suas marcações para os números 295 460 110/ 295460111.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 685

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 685

Pensamento da Semana

Algumas pessoas são tão pobres que Deus só pode aparecer-lhes na forma de pão.

 

 M. Gandhi

 Se perguntarmos a alguém se o mundo deve mudar, ninguém diz «não». Mas se perguntarmos se esse mesmo alguém tem de mudar, quem dirá «sim»?

 

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas