Nº 469

 

SONHAR

 
Temos falta de gente sonhadora, o mesmo é dizer: de gente com grandes ideais.
Os grandes ideais é que movem o mundo, vencem dificuldades, lutam contra a corrente, não se contentam com a mediocridade e nem com o marasmo da vida.
Quando encontramos gente assim, é frequente dizermos: “estás mas é a sonhar. Isso não é possível”.
Os grandes nomes da humanidade também o devem ter ouvido muitas vezes. Pensemos numa Madre Teresa de Calcutá, num Luther King, Ghandy, Francisco de Assis, João Paulo II e muitos outros.
Os sonhadores são assim, fazem avançar o mundo renovando-o com o seu trabalho e empenho, remando, muitas vezes, contra a maré, como se costuma dizer.
Li há alguns dias algo que falava da lição das gaivotas que contra os ventos mais fortes, elas serenas, de asas abertas conseguem planar avançando na direcção contrária ao vento. O instinto ensinou-as a colocar cada pena no ângulo certo para serem capazes de voar contra o vento sem terem que bater as asas uma única vez.
Elas aprenderam a tirar proveito das contrariedades do vento. Aprenderam, suavemente, como se comportar nestas situações.
Nós, seres humanos, às vezes temos muitas dificuldades em levar por diante os nossos sonhos, ideais. Falta-nos confiança para acreditar nas possibilidades e capacidades que temos. Deixando-nos abater à mínima contrariedade. O que leva ao desânimo, à falta de ideais.
O sonhar faz avançar e acreditar que é possível mais. Faz ganhar ânimo nas potencialidades próprias e dos outros. Faz mover-se e mover os outros. Cria dinâmicas e potencia talentos. Leva à criatividade e à renovação.
Às vezes fico a pensar em tanta gente que parece já derrotada na vida, que se deixou abater. Gente vencida e desanimada. Gente que se deixou ficar no sofá, de chinelo enfiado. Gente que podia ser tão útil pelas imensas qualidades que tem.
Já não deixam que o sonho faça parte das suas vidas e vivem tristes.
Às vezes ponho-me a pensar em Deus que sonha com um mundo melhor e que espera que desperte em cada homem e mulher esta capacidade de sonhar e de trazer alegria e felicidade a toda a humanidade.
No princípio “Deus viu que tudo era bom” e continua a sonhar que, em cada ser humano, desponta esta vontade transformadora que tem o seu dinamismo de melhorar todas as coisas a começar pelo coração de cada um.
Pe. Manuel António

IV DOMINGO DO TEMPO COMUM

Tema:

As leituras deste domingo propõem-nos uma reflexão sobre o “Reino” e a sua lógica. Mostram que o projecto de Deus – o projecto do “Reino” – roda em sentido contrário à lógica do mundo… Nos esquemas de Deus – ao contrário dos esquemas do mundo – são os pobres, os humildes, os que aceitaram despir-se do egoísmo, do orgulho, dos próprios interesses que são verdadeiramente felizes. O “Reino” é para eles.
Na primeira leitura, o profeta Sofonias denuncia o orgulho e a auto-suficiência dos ricos e dos poderosos e convida o Povo de Deus a converter-se à pobreza. Os “pobres” são aqueles que se entregam nas mãos de Deus com humildade e confiança, que acolhem com amor as suas propostas e que são justos e solidários com os irmãos
Na segunda leitura, Paulo denuncia a atitude daqueles que colocam a sua esperança e a sua segurança em pessoas ou em esquemas humanos e que assumem atitudes de orgulho e de auto-suficiência; e convida os crentes a encontrar em Cristo crucificado a verdadeira sabedoria que conduz à salvação e à vida plena.
O Evangelho apresenta a magna carta do “Reino”. Proclama “bem-aventurados” os pobres, os mansos, os que choram, os que procuram cumprir fielmente a vontade de Deus, porque já vivem na lógica do “Reino”; e recomenda aos crentes a misericórdia, a sinceridade de coração, a luta pela paz, a perseverança diante das perseguições: essas são as atitudes que correspondem ao compromisso pelo “Reino”.
(Dehonianos)
 

MEDITAR

 

A aurora e a promessa dum novo olhar


A aurora que vives
Já se levanta…
E tu ainda duvidas
Que possa nascer o sol!

A aurora anuncia o sol
E tu sabes que a promessa
Se cumprirá
Na tua vida, que é aurora
Brilhará um sol cada vez mais pleno

Na tua vida, que é aurora
Já se ergue
Esse olhar que pedes
Esse olhar que tudo arrasta

A aurora traz consigo a vitória
De tudo o que virá
De tudo o que foi
E o teu olhar cada vez maior
Chegará, como o sol, ao mundo inteiro.
Do Blog “Almas sem aspas”
 

CONTO (337)

A UNIÃO FAZ A FORÇA

Quatro bois que estavam sempre juntos, juraram eterna amizade. Por isso, quando o lobo os atacava, defendiam-se uns aos outros de tal forma que jamais eram vencidos e nenhum perecia.
O lobo, ao ver que eles viviam tão unidos, encontrou um estratagema para os enfrentar. Foi ter com cada um deles, em separado, e disse-lhes secretamente:
- Os outros três já não gostam de ti.
O boi perguntou:
- O que dizes é mesmo verdade?
O lobo disse:
- Sim. Os outros três detestam-te. Estão apenas a fingir que são teus amigos.
Os bois acreditaram que eram mesmo detestados pelos companheiros. Por isso, eles que habitualmente andavam juntos, passaram a andar cada um para seu lado.
Desconfiavam uns dos outros. Deixaram de se ver como amigos unidos.
O lobo, quando verificou que andavam cada qual para seu canto, aproveitou para os ir matando, um após outro.
O último boi, antes de morrer, exclamou com pesar:
- A culpa da nossa morte é toda nossa, pois demos crédito às intrigas do lobo. Não permanecemos unidos.
in, Bom dia, alegria de Pedrosa Ferreira

 

“Para mim, sábio não é aquele que proclama palavras de sabedoria, mas sim aquele que demonstra sabedoria em seus actos”.
                                São Gregório
 
“Quem possui a faculdade de perceber a beleza nunca envelhece.”
Franz Kafka

“Acima de tudo, na vida, temos necessidade de alguém que nos obrigue a realizar aquilo de que somos capazes. É este o papel da amizade”.
Anónimo

 

 

 

 

INFORMAÇÕES

CLÍNICA DOS BOMBEIROS

 
 
Informa que o médico Oftalmologista virá acompanhado da Óptica Flores.Os interessados podem procurar este serviço de Óptica, a funcionar nas instalações desta Instituição, mesmo sem virem à consulta de Oftalmologia.

 

 
 
Os eventuais interessados podem fazer as suas marcações para os números: 295 460 110/ 295460111/ 295460114.

 

 
 
A fim de preparar o Dia Mundial da Juventude, que este ano será a 17 de Abril, a Pastoral Juvenil da Ilha vai percorrer as paróquias nos seguintes dias e horas:

 

 
 
Ribeira Seca - no dia 3 de Fevereiro às 19h30

 

 
 
Biscoitos - no dia 7 de Fevereiro às 19h30

 

 
 
Calheta - no dia 8 de Fevereiro às 19h30

 

 
 
Urzelina - no dia 9 de Fevereiro às 19h30

 

 
 
Manadas - no dia 12 de Fevereiro às 19 horas

 

 
 
Norte Pequeno - no dia 13 de Fevereiro às 16 horas

 

 
 
Norte Grande - no dia 13 de Fevereiro às 17 horas

 

 
 
Rosais - no dia 15 de Fevereiro às 19h30

 

 
 
Beira - no dia 16 de Fevereiro às 19h30

 

Os encontros serão nas Igrejas de cada lugar.
 
 


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 469

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 819

Pensamento da Semana

 

Um anjo nunca se faz conhecer, nós só sabemos que ele esteve connosco quando ele parte. Porque deixa-nos na vida um perfume, deixa-nos na vida um desassossego.

 

Erri de Luca, in Em nome da mãe

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas