Nº 977

 

FELIZ ANO 2021

NÃO RECLAMES TANTO...

Não percas o sono pelas contas.

Não deixes de beijar quem amas.

Não te preocupes tanto em deixar a casa impecável.

Bens e patrimónios devem ser conquistados por cada um, não te dediques a acumular herança.

Deixa os teus animais mais por perto.

Não guardes a louça por usar.

Usa os talheres novos.

Não economize o teu perfume preferido, usa-o para passear contigo mesmo.

Gasta as tuas sapatilhas favoritas, repete as roupas que gostas mais de ver em ti. Qual é o problema?

Se não é errado, por que não ser agora?

Por que não ligar agora?

Por que MEDITAR

não perdoar agora?

Espera-se muito o Natal, a sexta-feira, o outro ano, quando tiver dinheiro, quando o amor chegar, quando tudo for perfeito…

Olha, não existe o "tudo perfeito".

O ser humano não consegue atingir isso porque simplesmente não foi feito para se completar aqui.

Aqui é uma oportunidade de aprendizagem.

Autor Desconhecido

 

 

 

MEDITAR

Festa da Sagrada Família de Jesus, Maria e José

Neste domingo da oitava de Natal, a Igreja celebra a festa da Sagrada Família e convida todos a olhar para Jesus, Maria e José, que desde o início tiveram que enfrentar os perigos do exílio no Egito, mas, sempre mostrando que o amor é mais forte do que a morte. Eles são um reflexo da Trindade e modelo de cada família.

 

A solenidade da Sagrada Família é uma festa que incentiva a aprofundar o amor familiar, examinar a situação do próprio lar e buscar soluções que ajudem o pai, a mãe e os filhos a serem cada vez mais como a Família de Nazaré.

 

Ao celebrar esta data, o Papa Francisco ressaltou que o “nosso olhar hoje para a Sagrada Família se deixa atrair também pela simplicidade da vida que essa conduz em Nazaré. É um exemplo que faz tanto bem às nossas famílias, ajuda-as a se tornarem sempre mais comunidades de amor e de reconciliação, na qual se experimenta a ternura, a ajuda mútua, o perdão recíproco”.

 

A vida familiar não pode ser reduzida a problemas de relacionamento, deixando de lado os valores transcendentes, já que a família é o sinal do diálogo entre Deus e o homem. Pais e filhos devem estar abertos à Palavra e ouvir, sem esquecer a importância da oração familiar que une fortemente os membros da família.

 

São João Paulo II, que é conhecido como o Papa das famílias, no Ângelus desta solenidade em 1996, destacou que “a mensagem que vem da Sagrada Família é, antes de tudo, uma mensagem de fé: a casa de Nazaré é aquela onde Deus está verdadeiramente no centro”.

 

“Para Maria e José esta opção de fé concretiza-se no serviço ao Filho de Deus que lhes foi confiado, mas exprime-se também no seu amor recíproco, rico de ternura espiritual e de fidelidade”, indicou.

 

Em muitas ocasiões, João Paulo II reforçou a importância da vivência da fé em família, por meio da oração. “A família que reza unida, permanece unida”, dizia, sugerindo que juntos rezassem o Rosário.

 

iMissio

 

Quem pensa que só nascemos uma vez, engana-se

Erra quem pensa que nascemos uma só vez. Para quem quer viver, a vida está repleta de nascimentos.

Nascemos muitas vezes durante a infância, quando os olhos se abrem em alegria e maravilha.

Nascemos nas viagens sem mapa nos quais a juventude se arrisca.

Nascemos na sementeira da vida adulta, amadurecendo, entre invernos e primaveras, a misteriosa transformação que coloca no caule a flor, e dentro da flor o perfume do fruto.

Nascemos muitas vezes naquela idade avançada em que as atividades não cessam, mas reconciliam-se com os vínculos interiores e os caminhos que tinham sido adiados.

Nascemos quando nos descobrimos amados e capazes de amar.

Nascemos no entusiasmo do riso e na noite de certas lágrimas.

Nascemos na oração e no dom.

Nascemos no perdão e no conflito.

Nascemos no silêncio ou iluminados por uma palavra.

Nascemos no levar ao termo um compromisso, e na partilha.

Nascemos nos gestos ou para além dos gestos.

Nascemos dentro de nós e no coração de Deus.

Por isso, peço-te, Jesus, que me ensines a nascer:

quando as esperanças se rompem como coisas gastas;

quando me faltam as forças para o degrau seguinte, e hesito;

quando da semente parece que só recolho o vazio;

quando a insatisfação corrói também o espaço da alegria;

quando as mãos desaprenderam a transparente dança do dom.

Quando não sei abandonar-me em ti.

 

Card. José Tolentino Mendonça

 

PENSAMENTO DA SEMANA

 

Vamos abraçar a nossa VIDA!
Porque o Menino vem abençoar os nossos passos para que o ano 2021
se manifeste com Amor para quem precisa de aprender a amar!
Se manifeste em alegria para quem permanece triste!
Se manifeste em partilha para quem nada tem para dar, mas sorri, sempre! 

Liliana Dinis


 

INFORMAÇÕES

RECEITAS

FESTA DE SANTA CATARINA - 690.00 €


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 977

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 1014

Pensamento da Semana

 

PENSAMENTO DA SEMANA

 

Agarra-te à Esperança com força, com toda a força de que és capaz...

Quem Espera, vive de olhos postos num Novo Dia que vem. E assim, com a vida iluminada por essa Esperança, quem Espera vence obstáculos, derruba barreiras, ergue-se das quedas e caminha feliz.

Não importam as feridas abertas nem as cicatrizes para quem acredita na cura e sabe que sempre é tempo de recomeçar.

Agarra-te à Esperança... e se a sentires apagar-se, renova-a, pois quem não Espera, não Vive.

De Coração para coração

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

Visitas


Ver Estatísticas