Nº 933

 IV DOMINGO DO ADVENTO

 

+ Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

 

O nascimento de Jesus deu-se do seguinte modo: Maria, sua Mãe, noiva de José, antes de terem vivido em comum, encontrara-se grávida por virtude do Espírito Santo. Mas José, seu esposo, que era justo e não queria difamá-la, resolveu repudiá-la em segredo. Tinha ele assim pensado, quando lhe apareceu num sonho o Anjo do Senhor, que lhe disse: «José, filho de David, não temas receber Maria, tua esposa, pois o que nela se gerou é fruto do Espírito Santo. Ela dará à luz um Filho e tu pôr-Lhe-ás o nome de Jesus, porque Ele salvará o povo dos seus pecados». Tudo isto aconteceu para se cumprir o que o Senhor anunciara por meio do Profeta, que diz: «A Virgem conceberá e dará à luz um Filho, que será chamado ‘Emanuel’, que quer dizer ‘Deus connosco’». Quando despertou do sono, José fez como o Anjo do Senhor lhe ordenara e recebeu sua esposa.

 

 

                REFLEXÃO

 

                A liturgia do IV Domingo do Advento diz-nos, fundamentalmente, que Jesus é o "Deus connosco", que veio ao encontro dos homens para lhes oferecer uma proposta de salvação e de vida nova.
                Na primeira leitura, o profeta Isaías anuncia que Deus nunca abandona o seu Povo e que quer percorrer -  de mãos dadas com ele - o caminho da história... É no Senhor nosso Deus, que devemos colocar a nossa esperança.
                O Evangelho apresenta Jesus como a incarnação viva desse "Deus connosco", que vem ao encontro dos homens para lhes apresentar uma proposta de salvação. Contém, naturalmente, um convite implícito a acolher de braços abertos a proposta que Ele traz e a deixar-se transformar por ela.
                Na segunda leitura, sugere-se que, do encontro com Jesus, deve resultar o testemunho: tendo recebido a Boa Nova da salvação, os seguidores de Jesus devem levá-la a todos os homens e fazer com que ela se torne uma realidade libertadora em todos os tempos e lugares.

cf. Dehonianos

 

PARA MEDITAR

 

Alegrem-se o céu e a terra
cantemos com alegria
já nasceu o Deus Menino
filho da Virgem Maria.

                                     Entrai, pastores, entrai
                                     por este portal Sagrado.
                                     Vinde adorar o menino
                                     numas palhinhas deitado.

Em Belém à meia-noite,
meia-noite de Natal!
Nasceu Jesus num presépio
Maravilha sem igual.

                                                 

 

                                       Louvai céus e louvai terra
                                       ao divino Redentor!
                                       Que hoje quis aparecer
                                      em Belém por nosso amor.

Ó meu Menino Jesus,
convosco é que eu estou bem
nada deste mundo quero
nada me parece bem.

                                     Ah, meu Menino Jesus,
                                     que lindo amor-perfeito
                                     se vens muito cansadinho
                                     vem descansar em meu peito.

cf. “Natal de Linhares” - música tradicional de Natal


 ADORAÇÃO DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO

 

MANADAS - 5ª feira, 26 de dezembro, das 10 horas às 11 horas, seguindo-se a celebração da Eucaristia

 

RIBEIRA SECA - 6ª feira, 27 de dezembro, das às 16h 30 às 17h 30, seguindo-se a celebração da Eucaristia.

 


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 933

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº1078

Pensamento da Semana

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

Visitas


Ver Estatísticas