Nº 933

 IV DOMINGO DO ADVENTO

 

+ Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

 

O nascimento de Jesus deu-se do seguinte modo: Maria, sua Mãe, noiva de José, antes de terem vivido em comum, encontrara-se grávida por virtude do Espírito Santo. Mas José, seu esposo, que era justo e não queria difamá-la, resolveu repudiá-la em segredo. Tinha ele assim pensado, quando lhe apareceu num sonho o Anjo do Senhor, que lhe disse: «José, filho de David, não temas receber Maria, tua esposa, pois o que nela se gerou é fruto do Espírito Santo. Ela dará à luz um Filho e tu pôr-Lhe-ás o nome de Jesus, porque Ele salvará o povo dos seus pecados». Tudo isto aconteceu para se cumprir o que o Senhor anunciara por meio do Profeta, que diz: «A Virgem conceberá e dará à luz um Filho, que será chamado ‘Emanuel’, que quer dizer ‘Deus connosco’». Quando despertou do sono, José fez como o Anjo do Senhor lhe ordenara e recebeu sua esposa.

 

 

                REFLEXÃO

 

                A liturgia do IV Domingo do Advento diz-nos, fundamentalmente, que Jesus é o "Deus connosco", que veio ao encontro dos homens para lhes oferecer uma proposta de salvação e de vida nova.
                Na primeira leitura, o profeta Isaías anuncia que Deus nunca abandona o seu Povo e que quer percorrer -  de mãos dadas com ele - o caminho da história... É no Senhor nosso Deus, que devemos colocar a nossa esperança.
                O Evangelho apresenta Jesus como a incarnação viva desse "Deus connosco", que vem ao encontro dos homens para lhes apresentar uma proposta de salvação. Contém, naturalmente, um convite implícito a acolher de braços abertos a proposta que Ele traz e a deixar-se transformar por ela.
                Na segunda leitura, sugere-se que, do encontro com Jesus, deve resultar o testemunho: tendo recebido a Boa Nova da salvação, os seguidores de Jesus devem levá-la a todos os homens e fazer com que ela se torne uma realidade libertadora em todos os tempos e lugares.

cf. Dehonianos

 

PARA MEDITAR

 

Alegrem-se o céu e a terra
cantemos com alegria
já nasceu o Deus Menino
filho da Virgem Maria.

                                     Entrai, pastores, entrai
                                     por este portal Sagrado.
                                     Vinde adorar o menino
                                     numas palhinhas deitado.

Em Belém à meia-noite,
meia-noite de Natal!
Nasceu Jesus num presépio
Maravilha sem igual.

                                                 

 

                                       Louvai céus e louvai terra
                                       ao divino Redentor!
                                       Que hoje quis aparecer
                                      em Belém por nosso amor.

Ó meu Menino Jesus,
convosco é que eu estou bem
nada deste mundo quero
nada me parece bem.

                                     Ah, meu Menino Jesus,
                                     que lindo amor-perfeito
                                     se vens muito cansadinho
                                     vem descansar em meu peito.

cf. “Natal de Linhares” - música tradicional de Natal


 ADORAÇÃO DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO

 

MANADAS - 5ª feira, 26 de dezembro, das 10 horas às 11 horas, seguindo-se a celebração da Eucaristia

 

RIBEIRA SECA - 6ª feira, 27 de dezembro, das às 16h 30 às 17h 30, seguindo-se a celebração da Eucaristia.

 


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 933

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

nº 1015

Pensamento da Semana

 

PENSAMENTO DA SEMANA

 

Educar é produzir um homem feliz e sábio. Educar é produzir um homem que ama o espetáculo da vida. Desse amor, emana a fonte da inteligência. Educar é produzir uma sinfonia em que rimam dois mundos: o das ideias e o das emoções.

 

Há dois tipos de educação: a que informa e a que forma. A educação que informa ensina o homem a conhecer o mundo em que habita; a educação que forma vai além, ensina-o também a conhecer o mundo que ele é.

Augusto Cury

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

Visitas


Ver Estatísticas