Nº 907

 

FELIZES OS QUE SE ENTREGAM AO AMOR

 

Quando julgamos que a nossa vida depende apenas de nós, passamos o tempo inquietos, sempre a correr, lutar ou fugir. Uma angústia permanente disfarçada de corrida contra o tempo, em que estamos condenados a perder sempre. Não só porque são muitas as condições que nos ultrapassam por completo, mas também porque o tempo tem sempre mais tempo e nós… não.

 

Quantas das nossas dores foram criadas pela nossa própria agitação?

 

Quando conseguimos integrar em nós que a nossa vida depende pouco de nós, pouco dos outros e muito do céu, então os nossos dias e noites enchem-se de paz. Podemos descansar e restaurar o mais belo, profundo e essencial do que somos: amar e ser amados.

 

Amar é dar-se, nas forças e talentos, aos outros, mas também numa entrega de nós mesmos ao outro, a fim de que nos deixemos amar, renunciando ao eu e confiando-nos ao que não somos mas nos quer bem.

 

Não basta amar, é essencial que aquele que amamos se sinta amado.

 

O amor por duas pessoas diferentes não é igual, pois deve ter no centro o outro e as suas necessidades particulares. Quando alguém nos ama, pensa em nós mais do que em si.

 

Há muito quem julgue amar quando, em busca de aplausos, aparece a querer cuidar dos outros como lhe parece bem e não como eles precisam. Na verdade, não ama. É carente e mendiga a felicidade sem sequer ter disso consciência. A sua fraqueza não é a sua fragilidade, mas o facto de não a reconhecer.

 

Felizes os que esperam, os que deitam fora muitas coisas suas, a fim de que haja espaço para o mais importante… o amor, o outro, o céu…

 

É bem possível que pertenças a alguém que ainda não conheças. Importa encontrar o caminho até ele e, passo a passo, amá-lo e deixar-se amar por ele.

 

Ser uma só alma.

José Luís Nunes Martins

 

GRAÇAS PELA VIDA E OS SACRAMENTOS

 

Graças, meu Deus, por todo o dom e amor

Com que incessantemente me cumulais,

Que me iluminam, como o sol o fulgor,

E por eles o caminho certo me indicais.

 

Graças Vos dou por me haverdes criado, Senhor,

Por do nada à vida me terdes chamado,

E em minh’alma vossas marcas assinalado,

E tudo trabalho apenas de puro amor.

 

Graças a Vós, meu Deus, pelo batismo santo,

Que dentro da família de Deus me enforma,

É graça inconcebível e dom tanto,

Inexprimível, que nossas almas transforma.

 

Graças Vos dou, Senhor, pela santa confissão,

Pelas fontes de misericórdia inesgotáveis,

Pelas graças em inefável profusão,

Em que as almas, de impuras, se tornam impecáveis.

 

Graças Vos dou, Jesus, pela sagrada comunhão,

Em que Vós mesmo, alimento, a nós Vos dais;

Como pulsa em meu peito o vosso coração,

Pois que em mim a divina vida aumentais.

 

Graças, Santo Espírito, pelo crisma, sacramento

Que me arma como vosso cavaleiro,

Dá à alma força para todo o momento,

E me defende e protege do mal inteiro. […]

 

Graças, Senhor, pelo sacramento da unção,

Que me há de fortificar nesse último instante,

Para a luta e há de ajudar à salvação,

A alma fortalecendo na bem-aventurança constante.

 

Graças, meu Deus, por todas as inspirações

Com que vossa bondade me quer encher,

Por essas interiores iluminações

Que o coração sente, mas não se podem dizer.

 

Graças, Santíssima Trindade, pelos dons sem conta

Com que me cumulastes a vida sem cessar,

Cresce a gratidão, o fulgor eterno desponta,

Quando a vossa glória pela primeira vez eu cantar.

 

Santa Faustina Kowalska

 

MEDITAR

Procuro o melhor de mim…

O meu verdadeiro Rosto, o meu verdadeiro Nome,

tal como sou conhecido e chamado por Deus no meu íntimo,

a verdadeira identidade do meu Coração, que até a Deus encanta…

 

Procuro a capacidade de acreditar em mim como Deus acredita,

de me ver como Ele me vê

a ponto de descobrir dentro de mim maravilhas, possibilidades, fortalezas e belezas que nem imaginava que me habitassem…

 Rui Santiago Cssr 

 

 

PENSAMENTO DA SEMANA

 Não nos deixas um manual de instruções, 

mas a capacidade de aprender de mil formas novas.

Não nos deixas soluções claras para todas as situações, 
mas coragem para fazermos novas perguntas e lucidez para encontrar novas respostas.

Não nos deixas acorrentados a um amor evidente,
mas sedentos de amor verdadeiro.

Twiiter de jmolaizola sj

 


 

INFORMAÇÕES

 

ADORAÇÃO DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO

MANADAS - 5ª feira, 27 de junho, das 10 horas  às 11 horas, seguindo-se a celebração da Eucaristia.

RIBEIRA SECA - 6ª feira, 28 de junho, das 17h30  às 19 horas, seguindo-se a celebração da Eucaristia.

 

FESTA DO CRUZEIRO  NA CALHETA

Haverá preparação no dia 24 de junho às 19 horas, com missa.

A festa será no dia 25 de junho, com missa às 20 horas seguida de procissão ao Cruzeiro.

 

DIA EUCARÍSTICO NA RIBEIRA DO NADO

Sexta Feira, 28 de junho. Às 9 horas Exposição do Santíssimo, às  18 horas bênção do Santíssimo seguindo-se a Eucaristia.

 

FESTA DE SÃO JOÃO

Fajã do Ouvidor - dia 29 de junho, com missa às 11horas seguida de procissão.

 

FESTA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Tríduo de preparação: 26, 27 e 28 de junho, Eucaristia às 19 horas.

Confissões:

27 de junho: Das 17h30 às 19 horas para as famílias da 1ª Comunhão e Profissão de Fé.

28 de junho:  das 17h30 às 19 horas, para a restante comunidade.

Festa - domingo, 30 de junho, com Eucaristia às 11 horas seguida de Procissão.

 

PREPARAÇÃO PARA AS FESTAS DA 1ª COMUNHÃO E PROFISSÃO DE FÉ

A preparação para as festas da 1ª Comunhão e Profissão de Fé que se realizam no próximo domingo,  dia 30 de junho, na Calheta, será no dia 26 às 18 horas. Os pais que quiserem acompanhar os seus filhos durante as preparações podem fazê-lo.

 

PROCISSÃO AO MAR

Dia 30 de junho, às 15 horas , Procissão ao mar integrado na regata com a Sr.ª da Boa Viagem e S. Pedro Telmo. Bênção das embarcações


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 907

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 964

Pensamento da Semana

 

PENSAMENTO DA SEMANA

 

Quem anda atrás da alegria dificilmente se alegra. A alegria é um dom, porque acontece enquanto fazemos outras coisas. Brota misteriosamente enquanto nos damos com generosidade e nos entregamos sem reservas. Quando saímos fora de nós; quando nos pomos fora do nosso casulo e nos damos a pessoas e nos entregamos a causas. Quando nos pomos a entregar a nossa vida...

Rui Santiago Cssr

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas