Nº818

Porque é que outubro é Mês das Missões?

 

Missionários Combonianos do Coração de Jesus

Recuemos a 1922. Nesse ano, D. Achille Ratti, cardeal de Milão, Itália, foi eleito Papa. Escolheu como nome Pio XI e pontificou de 1922 a 1939. O seu ardor missionário era conhecido de todos, e, naturalmente, esperava-se dele um grande impulso para a missão.

Logo em 1922, constituiu como pontifícias as Obras Missionárias já existentes, e recomendou-as como instrumentos principais e oficiais da cooperação missionária de toda a Igreja. De seguida, estimulou a criação de novas missões e ordenou os primeiros bispos indianos (em 1923) e chineses (em 1926). No Ano Santo de 1925, abriu no Vaticano uma Exposição Missionária Mundial e, no ano seguinte, publicou uma carta encíclica sobre as missões, a Rerum Ecclesiae, em que reafirmava a importância dos objetivos missionários programados no início do seu pontificado.

A ideia de um Dia das Missões a nível mundial nasceu no Círculo Missionário do Seminário Arquidiocesano de Sássari, na Sardenha (Itália). De 14 a 16 de maio de 1925, o Círculo Missionário organizou um tríduo missionário, com a participação do arcebispo local, que suscitou muita animação. No ano seguinte, de 17 a 20 de março, repetiu-se a celebração. Então, os seminaristas pediram ao Secretário da Congregação para a Evangelização dos Povos que propusesse ao Papa Pio XI a celebração de um dia dedicado às missões. Monsenhor Luigi Drago prometeu que falaria com o Papa a esse respeito. E, de Roma, mandou dizer que o Papa havia enviado uma resposta ao pedido: «Esta é uma inspiração que vem do céu.»

Em finais de março de 1926, durante uma Assembleia Plenária da Propagação da Fé, foi decidido pedir oficialmente ao Papa Pio XI «a instituição em todo o mundo católico de um dia de oração e de ofertas em prol da propagação da fé». A 14 de abril de 1926, a Congregação dos Ritos comunicava que o Santo Padre tinha dado uma resposta positiva. E que esse dia seria celebrado anualmente no penúltimo domingo do mês de outubro.

Uns anos antes, Pio XI fizera um gesto surpreendente e profético: na Solenidade de Pentecostes de 1922, interrompeu a sua homilia e, no meio de um impressionante silêncio, pegou no solidéu e fez com que passasse entre a multidão de bispos, presbíteros e fiéis na Basílica de São Pedro, no Vaticano, enquanto pedia a toda a Igreja ajuda para as missões.

O primeiro Dia Mundial das Missões aconteceu em 1927. Este ano, no dia 22 de outubro, celebramos o 91.º Dia Mundial das Missões, com coletas em todas as comunidades destinadas às missões da Igreja no mundo.

 

 

XXVII DOMINGO DO TEMPO COMUM

Virtudes gémeas

Um dia o Senhor Todo-Poderoso convidou para uma festa no Paraíso, todas as Virtudes. Cheias de alegria, rodearam o Trono de Deus, louvando o Senhor, como se se encontrassem na sua própria casa: todas as Virtudes se conheciam…exceto duas. Uma disse à outra:

– Estou contente por te conhecer. Nunca te vi antes. Deves ser uma virtude bastante nova.

– Também eu estou satisfeita por te cumprimentar pela primeira vez. Tu é que deves ser novata nesta família.

Deus, a quem nada escapa, mostrou um rosto pensativo e declarou:

– Como é que vós as duas, as mais belas Virtudes, não se conheciam ainda? Daqui para a frente deveis andar sempre de mãos dadas, para que ninguém fique privado da alegria da vossa companhia.

Sabeis de que Virtudes se tratava? Uma era a Beneficência e a outra o Reconhecimento!

O eco do profeta Isaías ainda se faz ouvir hoje: "Que mais Deus podia fazer à sua vinha que não tenha feito? E quando esperava que viesse a dar uvas, apenas produziu agraços."

E Jesus concluiu: "Ser-vos-á tirado o reino de Deus e dado a um povo que produza os seus frutos."

Quem não agradece não sabe receber. O bem que é feito tem de ser reconhecido pois Beneficência e Reconhecimento são irmãs gémeas.

Pe. José David Quintal Vieira, scjMEDITAR

 

O MUNDO PRECISA DE GENTE LIVRE, salva do seu próprio "eu"...

Quantas correntes nos prendem a nós mesmos?

Quantas mentiras inventamos para continuar a contemplar o próprio umbigo?

O mundo precisa de gente bonita de dentro para fora. De gente que se encanta com as coisas mais simples e se deixa levar pela leveza do Amor...

Quantos medos nos impedem de arriscar, de nos atirarmos de cabeça, de darmos paços arrojados...?

O mundo precisa de gente que olha o outro nos olhos e se abre ao encontro.

O mundo precisa de IRMÃOS de coração aberto e olhar atento...

De que serve subir ao topo da montanha para ser "dono do mundo" se o que encontramos é a solidão?

Ninguém é feliz sozinho!

O mundo precisa de gente que estenda a mão aos que ficaram para trás, que tenha sempre um sorriso para oferecer e um abraço para libertar.

Quantos de nós vivem nas catacumbas do seu ego, sem qualquer luz que lhes ilumine o caminho para a liberdade?

O mundo precisa de gente limpa, livre de egoísmos e desacorrentada do orgulho, que nos sujam por dentro e impedem o brilho da Luz que vive em nós.

O mundo precisa de gente LUZ, para ver a Esperança e acreditar num "amanhã" melhor que o "hoje".

Há tanta gente que vive na escuridão!

O mundo precisa de gente verdadeira, Feliz e descomplicada, livre de teorias e explicações filosóficas, que mais não fazem do que limitar a ação do Amor.

Porque teimamos em pôr as leis e as regras feitas pelos homens à frente do Amor, que é o próprio Deus?

O mundo precisa de gente que se guia por uma única Lei, aquela que diz: AMA com todas as tuas forças.

Gente assim SALVA O MUNDO, porque já foi salva pelo Amor...

Quem não é livre não pode libertar...

Quem não é salvo não pode salvar!

Quem não é amado primeiro, não pode AMAR!

Não é Amado quem não se deixa Amar...

Eugénia Pereira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para ser professor, também é preciso ter as mãos purificadas. A toda a hora temos de tocar em flores. A toda a hora a Poesia nos visita. O aluno acredita em nós e não deve acreditar em vão. Impõe-se-nos que mereçamos, com a nossa, a pureza dos nossos alunos; que a nossa alimente a deles, a mantenha. (...)

Sebastião da Gama, in Diário

 


INFORMAÇÕES

ADORAÇÃO DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO

Manadas - terça-feira, 10 de outubro, das 17 às 18 horas, seguindo-se a celebração da Eucaristia.

Ribeira Seca - sexta-feira, 13 de outubro, das 18 às 19 horas, seguindo-se a celebração da Eucaristia.

 

 

 

REUNIÃO DA MENSAGEM DE FÁTIMA - RIBEIRA SECA

Segunda feira, 9 de outubro às 19h30 no Passal

 

FESTAS DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

ENCERRAMENTO DO CENTENÁRIO

 

FAJÃ DA RIBEIRA D’AREIA

Tríduo -  Dia  10 e 11 de outubro missa às 19h30.

                   Dia 12 missa às 19h30 seguida de procissão de velas.

 

Festa - DIA 13 de outubro com missa às 12 horas seguida de procissão.

 

BISCOITOS - DIA 11 - Missa às 19h30 seguida de procissão de velas até à escola.

 

MANADAS - DIA 12   - Às 19h30 procissão de velas  da Ermida de Santa Rita para a Igreja Paroquial seguida de missa.

 

RIBEIRA DO NABO - DIA 12 - Às 20 horas missa seguida de procissão de velas

 

VELAS - DIA 13 - Às 20 horas missa seguida de procissão de velas

 

RIBEIRA SECA - DIA 14 com Eucaristia às 19h30 seguida de procissão de velas até ao Passal.

 

 

 

 


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº818

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 819

Pensamento da Semana

 

Um anjo nunca se faz conhecer, nós só sabemos que ele esteve connosco quando ele parte. Porque deixa-nos na vida um perfume, deixa-nos na vida um desassossego.

 

Erri de Luca, in Em nome da mãe

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas