Nº 431

 

ESPÍRITO SANTO CONSOLADOR

 

           “Se me tendes amor, cumprireis os meus mandamentos, e Eu pedirei ao Pai e Ele vos dará outro Consolador para que esteja sempre convosco, o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; vós é que o conheceis, porque permanece junto de vós, e está em vós.” Jo.14,15-16

 

Temos falta, Espírito de Deus, da Tua presença consoladora.

Sentimos a vida aberta a tantas dificuldades e preocupações…

Falta entendimento entre aqueles que receberam a Tua força.

Há muitos dons que foram derramados em nossas vidas que não estão a ser usados como Tu esperas e, por isso, o mundo está mais pobre e ficamos mais tristes.

Vem Espírito consolador dar ânimo às nossas vidas. Sê auxílio nos nossos desejos e vontades. Nos trabalhos de cada dia e nas contrariedades.

Espírito Consolador que tudo enches de paz, dá novo alento para fazermos tudo o que está ao nosso alcance para sermos portadores da Tua paz e bondade. Nós e o mundo precisamos da Tua Paz.

Espírito Consolador, és presença amiga e reconfortante

Espírito Consolador, são tantas as vezes que sentimos falta da Tua força que vem de dentro e que ajuda a enfrentar corajosamente situações que não entendemos e nem esperamos, que magoam e angustiam. É nestas ocasiões que ficas mais perto de nós e nem sempre entendemos. Vens ao nosso encontro e levas connosco a cruz e o sofrimento que tanto nos custa a entender e a suportar.

Espírito Consolador, dá-nos a Tua alegria para avivar a tristeza em que tantas vezes nos sentimos mergulhados.

Espírito Consolador, dá-nos o gosto das pequenas coisas que nos falam de Ti, como a brisa suave que passa ao de leve, a beleza de um sorriso de criança, a água que cai de mansinho e ajuda a repousar o coração.

Espírito Consolador, dá-nos um coração grande, capaz de amar tudo e todos, mãos que se levantam para Ti em jeito de auxílio, pés que caminham seguros ao Teu encontro e dos irmãos.

Espírito Consolador, faz-nos descobrir no céu Alguém que sonha  connosco e está em todas as nossas aventuras.

                                                                                                 Pe. Manuel António                      

 

VI Domingo de Páscoa

Tema:

Na liturgia deste domingo sobressai a promessa de Jesus de acompanhar de forma permanente a caminhada da sua comunidade em marcha pela história: não estamos sozinhos; Jesus ressuscitado vai sempre ao nosso lado.

No Evangelho, Jesus diz aos discípulos como se hão-de manter em comunhão com Ele e reafirma a sua presença e a sua assistência através do “paráclito” – o Espírito Santo.

A primeira leitura apresenta-nos a Igreja de Jesus a confrontar-se com os desafios dos novos tempos. Animados pelo Espírito, os crentes aprendem a discernir o essencial do acessório e actualizam a proposta central do Evangelho, de forma que a mensagem libertadora de Jesus possa ser acolhida por todos os povos.

Na segunda leitura, apresenta-se mais uma vez a meta final da caminhada da Igreja: a “Jerusalém messiânica”, essa cidade nova da comunhão com Deus, da vida plena, da felicidade total.

(Dehonianos)

  

 

CONTO (302)

 

AS CASA SUBMERSAS

Um dia aconteceu algo na aldeia que deixou a todos admirados. Viram que as suas casas se iam afundando pouco a pouco. E o pior era que, cada dia que amanhecia, elas estavam cada vez mais submersas.

Não percebiam a razão de ser desse fenómeno. E muito menos percebiam por que é que havia uma casa que não se afundava como as outras. Essa casa pertencia a uma família simples que vivia sem luxos.

Foram consultar essa família e perguntaram o que tinham feito para que a sua casa se mantivesse intacta. O dono disse:

- A verdade é que eu também não sei muito bem. Sei apenas que não tenho enchido a minha casa com todas essas coisas que hoje se compram, a maior parte delas supérfluas. Talvez tenhais acumulado demasiadas coisas em vossas casas!

As  pessoas ficaram impressionadas com esta explicação e decidiram tirar de dentro de suas casas todos os bens supérfluos que tinham comprado e aconteceu o que todos desejavam: as casas voltaram a ficar ao nível do solo.

 In TUTTI FRUTTI  de Pedrosa Ferreira

 

MEDITAR

O MEU OLHAR É NÍTIDO COMO UM GIRASSOL

O meu olhar é nítido como um girassol.

Tenho o costume de andar pelas estradas

Olhando para a direita e para esquerda,

E de vez em quando olhando para trás...

E o que vejo a cada momento

É aquilo que nunca antes eu tinha visto,

E eu sei dar por isso muito bem...

Sei ter o pasmo essencial

Que tem uma criança se, ao nascer,

Reparasse que nascera deveras...

Sinto-me nascido a cada momento

Para a eterna novidade do Mundo...

 

Creio no Mundo como num malmequer,

Porque o vejo. Mas não penso nele

Porque pensar é não compreender...

O Mundo não se fez para pensarmos nele

(Pensar é estar doente dos olhos)

Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

 

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...

Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,

Mas porque a amo, e amo-a por isso,

Porque quem ama nunca sabe o que ama

Nem sabe porque ama, nem o que é amar...

 

Amar é a eterna inocência,

E a única inocência é não pensar...

 

Alberto Caeiro

 

 

“Como é importante a criança aos olhos de Jesus! Poder-se-ia mesmo observar que o Evangelho está profundamente repassado da verdade sobre a criança. Até seria possível lê-lo, no seu todo, como o ‘Evangelho da criança’”.

                 

João Paulo II

 


 

INFORMAÇÕES

FESTA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA NA FAJÃ DA RIBEIRA DA AREIA

Na próxima quinta-feira, dia 13 de Maio, é dia de festa na Fajã da Ribeira da Areia em louvor de Nossa Senhora de Fátima. Haverá eucaristia às 13 horas seguida de procissão.

 

PROCISSÃO DE VELAS NA URZELINA

No dia 12 de Maio, quarta-feira, às 20h30 haverá missa em louvor de Nossa Senhora de Fátima na Igreja da Urzelina seguida de procissão de velas.

 

BOMBEIROS

A Direcção da Associação dos Bombeiros Voluntários da Calheta informa que nos dias 25 e 26 de Maio, estará na sua clínica o Dr. Carlos Aguiar - oftalmologista. As marcações podem ser feita através dos n.os 295460110 e (111).

 

REUNIÃO PARA O CRISMA

Na próxima sexta-feira haverá reunião na Igreja Matriz da Calheta para os que se vão Crismar bem como para os padrinhos e pais, esta será às 19 horas.

 

ESPÍRITO SANTO

Convida-se a comunidade para o terço do Espírito Santo no Império da Calheta a partir do dia 9 de Maio pelas 21 horas  e para as “Sopas do Espírito Santo” que serão servidas na Escola Pe. Manuel Azevedo da Cunha no dia 16 de Maio.

 


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 431

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 827

Pensamento da Semana

Dá-nos um coração claro que veja o céu aberto
e o mundo como os olhos de uma criança,
olhos de confiança e de descoberta
que nos salvem dos hábitos.

 

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas