Nº 726

 

ORAÇÃO DE GRATIDÃO
 
Pai Santo,
o nosso coração é o ponto de encontro entre nós e a Tua Palavra.
É aí que a Tua Palavra se faz sentir de modo suave, mas firme e sem ambiguidade.
Quando nos toca, 
a Tua Palavra nunca nos deixa confusos e sem ver claro o caminho que devemos seguir.
 
Pai Santo,
quando experimentamos a novidade da Tua Palavra, 
os ruídos incomodam-nos e por isso preferimos o silêncio.
Porque a Tua Palavra não é como os trovões que assustam as crianças 
nem como os relâmpagos que aterrorizam os velhinhos.
A Tua Palavra liberta e dá sabedoria às pessoas de todas as idades, raças, línguas e povos.
 
Pai Santo,
a Tua Palavra faz-se ouvir no íntimo do nosso ser, pois o Espírito Santo fala no nosso coração.
A pessoa que saboreia a Tua Palavra nunca fica igual, porque é uma Palavra criadora e eficaz.
 
Apesar de ser forte e dinâmica, 
a Tua Palavra não é como um ciclone que destrói e provoca o caos.
Também não é como as chuvas torrenciais que destroem as sementeiras e as árvores de fruto.
 
Apesar das marcas indeléveis que a Tua Palavra imprime em nós, 
ela nunca é ruidosa, pois faz-se ouvir nas vibrações do amor.
A Tua Palavra gera luz no nosso coração, 
fazendo nascer o dia na escura noite da nossa solidão. 
 
Pai Santo,
Tu és o Deus da Palavra.
Quando falas no nosso íntimo, nós sentimos o nosso coração a vibrar, 
pois a Tua Palavra agarra-nos por dentro.
Quando o homem acolhe a Tua Palavra 
começa a nascer nele uma vontade irresistível de anunciar a vida e amor.
De facto, a Tua Palavra suscita profetas e apóstolos.
 
Pai Santo,
Tu és a Fonte da Palavra. 
Falas hoje como ontem, 
falas de manhã e à tarde.
Calmeiro Matias (Adaptado)
 
SOLENIDADE DA EPIFANIA
Ser estrela
Os Magos chegaram a Belém guiados por uma estrela. É que as pessoas são como estrelas ou como cometas.

 

Os cometas passam, as estrelas permanecem.

 

Há gente cometa que passa pela vida apenas por instantes, gente que não prende ninguém e a ninguém se prende, ente sem amigos que passa pela vida sem iluminar, sem guiar ou marcar presença.

 

O importante é ser estrela, estar junto, ser luz, ser calor, ser vida. Um amigo é uma estrela. Podem passar anos, podem surgir distâncias mas a marca fica no coração. Há necessidade de criar um mundo de estrelas. Todos os dias poder contar com elas e poder sentir a sua luz e calor.

 

Ser estrela neste mundo passageiro de pessoas cometas é um desafio e uma recompensa.

 

Recompensa por ter sido luz para muitos amigos, ter sido calor para muitos corações, ter nascido e ter vivido e não apenas existido.

 

Na nossa constelação cada estrela tem o seu brilho próprio onde o importante não é brilhar mais mas brilhar sempre.

 

Há um autor desconhecido que escreveu: "Para que a sua estrela brilhe, não é preciso apagar a minha."

 

Pe. José David Quintal Vieira, scj
 
MEDITAR
 
PARA OS 365 DIAS DE UM NOVO ANO
 
Quero saber de cor o verbo recomeçar, conjugá-lo sempre que for preciso e o meu coração me mandar.
 
Quero reinventar o verbo acreditar, e de braços abertos à vida confiar no chão que pisar.
 
Quero ser, apaixonar, agradecer, ir e voltar. Quero estar, permanecer, fazer e confiar. Quero esperar, planear, cumprir e celebrar. Quero partilhar, pertencer, proteger e abraçar.
 
Quero rir, sorrir, equilibrar e serenar. quero gostar, adorar, amar, amar, amar. Quero respeitar, cuidar, persistir e {para sempre} lutar. Quero aprender, ensinar, entender e perdoar. Quero ouvir, calar, valorizar e iluminar. Quero começar, recomeçar, decidir e enfrentar. Quero procurar, saber esperar, valorizar e continuar.
 
Quero saber de cor o verbo recomeçar, conjugá-lo sempre que for preciso e o meu coração me mandar.
 
Quero reinventar o verbo acreditar, e de braços abertos à vida confiar no chão que pisar.
Àsnovenomeublog.com
 
CONTO (585)
 
SOLICITUDE MATERNAL
Era uma tribo pacífica que vivia nos Andes, na América do Sul. Todos se respeitavam uns aos outros e os dias decorriam com toda a serenidade.
Um dia, bandidos ferozes atacaram a aldeia. Além das riquezas que encontraram, levaram consigo para as montanhas uma criança, filha de uma família importante da tribo.
Os membros da tribo mobilizaram-se para resgatar essa criança, mas depararam logo com grandes dificuldades. Os bandidos não deixaram rasto e tinham fugido para as montanhas. Ora, os membros da tribo desconheciam os caminhos dessas montanhas rochosas.
Apesar disso, o chefe da tribo enviou os seus melhores guerreiro. Estes foram seguindo caminhos agrestes, tendo muitas vezes de voltar para trás para experimentar outros. Estava a ser muito difícil a caminhada. Passados alguns dias, tinham andado alguns quilómetros sem nada encontrar. Nem os rastos dos bandidos, nem qualquer sinal de criança.
Dando-se por vencidos, decidiram regressar à aldeia. Ao descerem, já perto da povoação, depararam com a mãe da criança, que vinha atrás deles. Viram que descia da montanha, e trazia a criança ao colo. Perguntaram-lhe:
- Não fomos capazes de escalar a montanha. Que fizeste tu para o conseguires?
A mulher sorriu e respondeu:
- Não era o vosso filho!
  In Bom dia, alegria de Pedrosa Ferreira
 
 

 

Jesus é um Presente sonhado e preparado desde sempre, ideia presente já no Coração de Deus enquanto o Poema da Criação ia nos seus primeiros versos.
Jesus é um Presente de Deus necessitado de acolhimento e cuidado. Não apela primeiramente à nossa obediência, mas ao nosso carinho. Não puxa pelas nossas forças, mas mete-se com o que em nós há de mais entranhável, capaz de ternura e compaixão.
Rui Santiago Cssr

 

INFORMAÇÕES
 
A Eucaristia por alma de Luís Serpa será no Domingo, dia 10 de janeiro, às 12 horas na Igreja da Ribeira Seca
 
 

 


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 726

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 819

Pensamento da Semana

 

Um anjo nunca se faz conhecer, nós só sabemos que ele esteve connosco quando ele parte. Porque deixa-nos na vida um perfume, deixa-nos na vida um desassossego.

 

Erri de Luca, in Em nome da mãe

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas