Nº 398

GRIPE A

Existe muita informação sobre este assunto, no entanto, recebemos da Diocese as recomendações que se seguem: 

Que todos os ministros de culto purifiquem sempre as mãos com solução anticéptica de acção microbiológica, antes e depois da distribuição da comunhão;

Que os fiéis recebam, de preferência, a sagrada comunhão na mão, e sempre com desejada reverência;

Que a saudação seja, de preferência, um gesto de cortesia ou uma vénia, evitando contactos físicos múltiplos;

Que os membros das comunidades que sintam algum sintoma da gripe não participem na celebração comunitária ou reuniões de grupo, até que se confirme o resultado do estado de saúde;

Que se mantenha, por enquanto, as pias de água benta vazias, podendo-se optar por instalar doseadores individuais;

Que o templo e suas dependências, bem como todas as instalações de serviços paroquiais, sejam arejados suficientemente antes e depois das assembleias e encontros;

Que a limpeza do templo e demais dependências seja feita com regularidade, e com desinfectante apropriado, sobretudo a parte superior dos bancos, genuflexórios e grades, corrimões, manípulos, puxadores, tampos de mesas, telefones teclados, etc.

Que os serviços paroquiais disponham de recipientes de solução anticéptica para que ministros de culto, agentes pastorais e demais fiéis possam desinfectar as mãos;

Que se evite a visita a doentes que apresentem sintomas ou a quem seja confirmado o vírus. Em caso de necessidade pastoral manifesta, o ministro deve usar máscara, luvas, óculos, bata e forras de sapatos descartáveis.

Que o número da Linha de Saúde Açores - 808 24 60 24 esteja sempre à mão e seja do conhecimento dos fiéis para qualquer esclarecimento ou pedido de socorro.

Estas não são normas litúrgicas, mas conselhos úteis para este tempo de difusão e propagação da doença.

 

XXV DOMINGO COMUM

TEMA

A liturgia do 25º Domingo do Comum convida os crentes a prescindir da “sabedoria do mundo” e a escolher a “sabedoria de Deus”. Só a “sabedoria de Deus” – dizem os textos bíblicos deste domingo – possibilitará ao homem o acesso à vida plena, à felicidade sem fim.

O Evangelho apresenta-nos uma história de confronto entre a “sabedoria de Deus” e a “sabedoria do mundo”. Jesus, imbuído da lógica de Deus, está disposto a aceitar o projecto do Pai e a fazer da sua vida um dom de amor aos homens; os discípulos, imbuídos da lógica do mundo, não têm dificuldade em entender essa opção e em comprometer-se com esse projecto. Jesus avisa-os, contudo, de que só há lugar na comunidade cristã para quem escuta os desafios de Deus e aceita fazer da vida um serviço aos irmãos, particularmente aos humildes, aos pequenos, aos pobres.

A segunda leitura exorta os crentes a viverem de acordo com a “sabedoria de Deus”, pois só ela pode conduzir o homem ao encontro da vida plena. Ao contrário, uma vida conduzida segundo os critérios da “sabedoria do mundo” irá gerar violência, divisões, conflitos, infelicidade, morte.

A primeira leitura avisa os crentes de que escolher a “sabedoria de Deus” provocará o ódio do mundo. Contudo, o sofrimento não pode desanimar os que escolhem a “sabedoria de Deus”: a perseguição é a consequência natural da sua coerência de vida.

 

(Dehonianos)

 

MEDITAR

SALMO DA TRANQILIDADE

 

Senhor, eu chamei por Ti

e Tu ouviste.

A Tua voz ecoou pelos céus sem fim

e entrou em mim

como um raio de luz

que me iluminou.

 

Senhor, eu confiei-Te

a minha preocupação 

e Tu estendeste a mão,

abriste o sorriso

e tocaste o meu coração.

 

Senhor, eu dei-Te

a minha intranquilidade

e Tu, Senhor,

olhaste para mim

e nesse olhar veio todo o Teu amor,

que me cobriu de paz e felicidade.

 

Senhor, eu contei-Te

o meu problema

e Tu sussurraste ao meu ouvido,

cheio de ternura:

«Não temas,

Eu estou aqui».

 

Do blog Apenas Oração

 

CONTO (273)

UM LADRÃO NO PARAÍSO

 

Um ladrão chegou à porta do Céu e começou a bater: «Abri por favor!». S. Pedro perguntou:

- Quem é? 

- Sou um ladrão. Deixa-me entrar no Céu.

- Nem sonhar. Aqui não há lugar para ladrões.

- E quem és tu para me impedires de entrar? Conheço- -te. És aquele que renegou Jesus.

Envergonhado. Pedro retirou-se e foi convidar S. Paulo para que fosse falar com o ladrão. Este insiste:

- Deixa-me entrar no Paraíso.

- Aqui não há lugar para ladrões.

- Mas quem és tu para não me deixares entrar?

- Eu sou o apóstolo Paulo.

- Ah, Paulo! És aquele que andou a perseguir os cristãos. E agora estás no Paraíso!

S. Paulo retirou-se confundido e mandou o evangelista João falar com esse homem, que lhe repetiu:

- Eu sou um ladrão e quero entrar no Céu!

- E eu sou o Evangelista João.

- Escreveste no Evangelho: «Batei e abrir-se-vos-á. Pedi e recebereis!» Se não me deixas entrar, regresso imediatamente à terra e conto a todos que escreveste mentiras!

João, assustado, deixou entrar o ladrão no Paraíso.

 

In ALEGRE MANHÃ de Pedrosa Ferreira

O PRESENTE QUE HÁ EM SI?

Havia um homem sábio naquela aldeia, que guardava o único poço de toda a região.

Um dia, um menino aproximou-se e perguntou:

- O que há lá dentro?

- Ali está Deus.

- Deus está escondido dentro deste poço?

- Está.

- Quero ver. Disse o menino desconfiado.

O homem pegou-o ao colo e ajudou-o a debruçar-se sobre a borda do poço.

Reflectido na água, o menino pode ver o seu próprio rosto.

- Mas este sou eu?

- Isso mesmo. Disse o homem, tornando a colocar delicadamente o menino no chão.

- Agora já sabes onde Deus está escondido.

 

Autor desconhecido


INFORMAÇÕES

TOMADA DE POSSE

Na próxima terça-feira, dia 22 de Setembro, pelas 20 horas toma posse o Diácono Marcos Miranda que vem trabalhar nesta Zona Pastoral, na Igreja Paroquial de São Tiago da Ribeira Seca.

O Diácono Marcos Miranda vem substituir o Pe. Nuno Maiato.

 

MÁQUINA FOTOGRÁFICA

Alguém perdeu uma máquina fotográfica digital na Caldeira de Santo Cristo e apela a quem a encontrou que a entregue no Passal da Calheta. Obrigado.

 

PRÉDIOS À VENDA

Encontra-se à venda os Prédios dos herdeiros de João Luís, do Caminho Novo, Ribeira Seca. Aceitam-se propostas para a compra dos mesmos. Para mais informações contactar o Sr. Rogério Augusto Barros Ávila - Telf. 295416782.

 

BAZAR

Todas as pessoas que quiserem contribuir para o Bazar da Festa do Bom Jesus da Fajã Grande podem entregar os prémios no Passal da Calheta, à Vera Paiva ou aos outros elementos da Comissão da Ermida.


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 398

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 827

Pensamento da Semana

Dá-nos um coração claro que veja o céu aberto
e o mundo como os olhos de uma criança,
olhos de confiança e de descoberta
que nos salvem dos hábitos.

 

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas