Nº 398

GRIPE A

Existe muita informação sobre este assunto, no entanto, recebemos da Diocese as recomendações que se seguem: 

Que todos os ministros de culto purifiquem sempre as mãos com solução anticéptica de acção microbiológica, antes e depois da distribuição da comunhão;

Que os fiéis recebam, de preferência, a sagrada comunhão na mão, e sempre com desejada reverência;

Que a saudação seja, de preferência, um gesto de cortesia ou uma vénia, evitando contactos físicos múltiplos;

Que os membros das comunidades que sintam algum sintoma da gripe não participem na celebração comunitária ou reuniões de grupo, até que se confirme o resultado do estado de saúde;

Que se mantenha, por enquanto, as pias de água benta vazias, podendo-se optar por instalar doseadores individuais;

Que o templo e suas dependências, bem como todas as instalações de serviços paroquiais, sejam arejados suficientemente antes e depois das assembleias e encontros;

Que a limpeza do templo e demais dependências seja feita com regularidade, e com desinfectante apropriado, sobretudo a parte superior dos bancos, genuflexórios e grades, corrimões, manípulos, puxadores, tampos de mesas, telefones teclados, etc.

Que os serviços paroquiais disponham de recipientes de solução anticéptica para que ministros de culto, agentes pastorais e demais fiéis possam desinfectar as mãos;

Que se evite a visita a doentes que apresentem sintomas ou a quem seja confirmado o vírus. Em caso de necessidade pastoral manifesta, o ministro deve usar máscara, luvas, óculos, bata e forras de sapatos descartáveis.

Que o número da Linha de Saúde Açores - 808 24 60 24 esteja sempre à mão e seja do conhecimento dos fiéis para qualquer esclarecimento ou pedido de socorro.

Estas não são normas litúrgicas, mas conselhos úteis para este tempo de difusão e propagação da doença.

 

XXV DOMINGO COMUM

TEMA

A liturgia do 25º Domingo do Comum convida os crentes a prescindir da “sabedoria do mundo” e a escolher a “sabedoria de Deus”. Só a “sabedoria de Deus” – dizem os textos bíblicos deste domingo – possibilitará ao homem o acesso à vida plena, à felicidade sem fim.

O Evangelho apresenta-nos uma história de confronto entre a “sabedoria de Deus” e a “sabedoria do mundo”. Jesus, imbuído da lógica de Deus, está disposto a aceitar o projecto do Pai e a fazer da sua vida um dom de amor aos homens; os discípulos, imbuídos da lógica do mundo, não têm dificuldade em entender essa opção e em comprometer-se com esse projecto. Jesus avisa-os, contudo, de que só há lugar na comunidade cristã para quem escuta os desafios de Deus e aceita fazer da vida um serviço aos irmãos, particularmente aos humildes, aos pequenos, aos pobres.

A segunda leitura exorta os crentes a viverem de acordo com a “sabedoria de Deus”, pois só ela pode conduzir o homem ao encontro da vida plena. Ao contrário, uma vida conduzida segundo os critérios da “sabedoria do mundo” irá gerar violência, divisões, conflitos, infelicidade, morte.

A primeira leitura avisa os crentes de que escolher a “sabedoria de Deus” provocará o ódio do mundo. Contudo, o sofrimento não pode desanimar os que escolhem a “sabedoria de Deus”: a perseguição é a consequência natural da sua coerência de vida.

 

(Dehonianos)

 

MEDITAR

SALMO DA TRANQILIDADE

 

Senhor, eu chamei por Ti

e Tu ouviste.

A Tua voz ecoou pelos céus sem fim

e entrou em mim

como um raio de luz

que me iluminou.

 

Senhor, eu confiei-Te

a minha preocupação 

e Tu estendeste a mão,

abriste o sorriso

e tocaste o meu coração.

 

Senhor, eu dei-Te

a minha intranquilidade

e Tu, Senhor,

olhaste para mim

e nesse olhar veio todo o Teu amor,

que me cobriu de paz e felicidade.

 

Senhor, eu contei-Te

o meu problema

e Tu sussurraste ao meu ouvido,

cheio de ternura:

«Não temas,

Eu estou aqui».

 

Do blog Apenas Oração

 

CONTO (273)

UM LADRÃO NO PARAÍSO

 

Um ladrão chegou à porta do Céu e começou a bater: «Abri por favor!». S. Pedro perguntou:

- Quem é? 

- Sou um ladrão. Deixa-me entrar no Céu.

- Nem sonhar. Aqui não há lugar para ladrões.

- E quem és tu para me impedires de entrar? Conheço- -te. És aquele que renegou Jesus.

Envergonhado. Pedro retirou-se e foi convidar S. Paulo para que fosse falar com o ladrão. Este insiste:

- Deixa-me entrar no Paraíso.

- Aqui não há lugar para ladrões.

- Mas quem és tu para não me deixares entrar?

- Eu sou o apóstolo Paulo.

- Ah, Paulo! És aquele que andou a perseguir os cristãos. E agora estás no Paraíso!

S. Paulo retirou-se confundido e mandou o evangelista João falar com esse homem, que lhe repetiu:

- Eu sou um ladrão e quero entrar no Céu!

- E eu sou o Evangelista João.

- Escreveste no Evangelho: «Batei e abrir-se-vos-á. Pedi e recebereis!» Se não me deixas entrar, regresso imediatamente à terra e conto a todos que escreveste mentiras!

João, assustado, deixou entrar o ladrão no Paraíso.

 

In ALEGRE MANHÃ de Pedrosa Ferreira

O PRESENTE QUE HÁ EM SI?

Havia um homem sábio naquela aldeia, que guardava o único poço de toda a região.

Um dia, um menino aproximou-se e perguntou:

- O que há lá dentro?

- Ali está Deus.

- Deus está escondido dentro deste poço?

- Está.

- Quero ver. Disse o menino desconfiado.

O homem pegou-o ao colo e ajudou-o a debruçar-se sobre a borda do poço.

Reflectido na água, o menino pode ver o seu próprio rosto.

- Mas este sou eu?

- Isso mesmo. Disse o homem, tornando a colocar delicadamente o menino no chão.

- Agora já sabes onde Deus está escondido.

 

Autor desconhecido


INFORMAÇÕES

TOMADA DE POSSE

Na próxima terça-feira, dia 22 de Setembro, pelas 20 horas toma posse o Diácono Marcos Miranda que vem trabalhar nesta Zona Pastoral, na Igreja Paroquial de São Tiago da Ribeira Seca.

O Diácono Marcos Miranda vem substituir o Pe. Nuno Maiato.

 

MÁQUINA FOTOGRÁFICA

Alguém perdeu uma máquina fotográfica digital na Caldeira de Santo Cristo e apela a quem a encontrou que a entregue no Passal da Calheta. Obrigado.

 

PRÉDIOS À VENDA

Encontra-se à venda os Prédios dos herdeiros de João Luís, do Caminho Novo, Ribeira Seca. Aceitam-se propostas para a compra dos mesmos. Para mais informações contactar o Sr. Rogério Augusto Barros Ávila - Telf. 295416782.

 

BAZAR

Todas as pessoas que quiserem contribuir para o Bazar da Festa do Bom Jesus da Fajã Grande podem entregar os prémios no Passal da Calheta, à Vera Paiva ou aos outros elementos da Comissão da Ermida.


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 398

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 819

Pensamento da Semana

 

Um anjo nunca se faz conhecer, nós só sabemos que ele esteve connosco quando ele parte. Porque deixa-nos na vida um perfume, deixa-nos na vida um desassossego.

 

Erri de Luca, in Em nome da mãe

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas