Nº 631

 

A 12 de abril, vamos viver, nesta Ilha de São Jorge, o Dia Mundial da Juventude.

Com o objetivo de o preparar bem, esta primeira página vai ter reflexões

feitas pela Equipe da Pastoral Juvenil de São Jorge.

 

PASTORAL JUVENIL (1)

 

Jesus convidava todos os que encontrava pelo caminho, para uma transformação e renovação de vida. A partir do encontro com Ele e pela aceitação da Sua pessoa, cada um era desafiado a ser testemunha de uma presença libertadora de Deus.

A Igreja é hoje anunciadora desta mensagem de vida, também, junto dos jovens. É urgente hoje esta tarefa de propor valores, modos de vida, gestos, palavras e atitudes baseadas no Evangelho de Jesus.

A pastoral juvenil é o serviço da Igreja que se dedica à evangelização dos jovens. Pretende anunciar Jesus para que cada jovem que O acolha seja construtor da sua história com Deus; uma história cheia quer de lágrimas e sorrisos, esperanças e desejos, medos e coragem, mas sempre uma história com sentido.

É nesta dinâmica que a equipa da Pastoral Juvenil da ilha de São Jorge, constituída por jovens que acolheram a missão de serem anunciadores do Evangelho a outros jovens, organiza atividades que visam um encontro com Deus e com os outros.

Uma destas atividades é a celebração anual do Dia Mundial da Juventude. Na nossa Diocese este celebra-se no Domingo de Ramos.

O tema da celebração deste ano é “Reset your life, upgrade Jesus”. É sobretudo uma proposta a revermos a vida e as escolhas que fazemos diariamente. É avaliar o caminho que temos trilhado e o modo como temos vivido os dons, talentos e qualidades que de Deus recebemos. Reset you life é recomeçarmos, fazermos melhor todas aquelas coisas que nos afastam ainda dos outros e de Deus.

Upgrade Jesus é o desafio. Deixar que Deus te encontre, no lugar onde estás, exatamente da maneira que és, abrires a tua vida e descobrires novas razões para viver. É ter um novo olhar sobre as coisas de sempre, uma atitude mais agradecida pela vida que te é dada viver, uma nova esperança para o futuro. Trata-se de, no coração, descobrir as pontes que te ligam ao infinito.

 

I DOMINGO DA QUARESMA

No início da nossa caminhada quaresmal, a Palavra de Deus convida-nos à “conversão” – isto é, a recolocar Deus no centro da nossa existência, a aceitar a comunhão com Ele, a escutar as suas propostas, a concretizar no mundo – com fidelidade – os seus projetos.

 

A primeira leitura afirma que Deus criou o homem para a felicidade e para a vida plena. Quando escutamos as propostas de Deus, conhecemos a vida e a felicidade; mas, sempre que prescindimos de Deus e nos fechamos em nós próprios, inventamos esquemas de egoísmo, de orgulho e de prepotência e construímos caminhos de sofrimento e de morte.

 

A segunda leitura propõe-nos dois exemplos: Adão e Jesus. Adão representa o homem que escolhe ignorar as propostas de Deus e decidir, por si só, os caminhos da salvação e da vida plena; Jesus é o homem que escolhe viver na obediência às propostas de Deus e que vive na obediência aos projetos do Pai. O esquema de Adão gera egoísmo, sofrimento e morte; o esquema de Jesus gera vida plena e definitiva.

 

O Evangelho apresenta, de forma mais clara, o exemplo de Jesus. Ele recusou – de forma absoluta – uma vida vivida à margem de Deus e dos seus projetos. A Palavra de Deus garante que, na perspetival cristã, uma vida que ignora os projetos do Pai e aposta em esquemas de realização pessoal é uma vida perdida e sem sentido; e que toda a tentação de ignorar Deus e as suas propostas é uma tentação diabólica e que o cristão deve, firmemente, rejeitar.

 

Dehonianos

 

MEDITAR

DIA 8 DE MARÇO “DIA INTERNACIONAL DA MULHER”

Às mulheres que choram enquanto cantam aos seus filhos canções de embalar.
Às mulheres que colocam quilos de ternura em tudo o que fazem e gramas de carinho em tudo o que dizem.
Às mulheres que sorriem ao mundo quando o mundo já as abandonou.
Às mulheres que não baixam os braços e nem sequer deixam de lutar.
Às mulheres de coragem que abraçam o amor.
Às mulheres que esperam de peito apertadinho e seguem a vida num desgaste de quem luta constantemente contra a maré.
Às mulheres que acreditam no futuro de todos os sentimentos bons.
Às mulheres que arriscam seguir o coração, mesmo sabendo que o preço a pagar será sempre maior.
Às mulheres descriminadas. Às que lhes silenciam as palavras, lhes calam a verdade.
Às mulheres que nem sabem o que significa liberdade.
Às mulheres que, apesar de tudo, se sentem felizes por viver, sempre que sentem um pôr-do-sol, um abraço, uma gota de orvalho, um sorriso, um rumor de rio sem corrente, um amigo.
Às mulheres de fé, que sabem que tudo vai melhorar.
Às mulheres que amam em silêncio ou que gritam o seu amor.
Às mulheres que riem por tudo, que choram por nada.
Às mulheres que carregam em si, um universo de mistérios.
Às mulheres que trazem consigo o sentimento de gratidão por tudo o que têm, mesmo quando a vida não lhes sorri.
Às mulheres que partilham a vida sem nunca se arrependerem.

 

Às mulheres que são, simplesmente, Mulher.

Retirado da Internet (Adaptado)

 

 

CONTO (492)

 

IMITANDO O MESTRE

Um discípulo que amava e admirava o mestre, resolveu observá-lo em todos os detalhes, acreditando que ao fazer o que ele fazia, iria também adquirir a sua sabedoria.

 O mestre só usava roupas brancas, e o discípulo passou a vestir-se da mesma maneira.

 O mestre era vegetariano, e o discípulo deixou de comer qualquer tipo de carne, substituindo sua alimentação por ervas. O mestre era um homem austero, e o discípulo resolveu dedicar-se ao sacrifício, passando a dormir numa cama de palha.

 Passado algum tempo, o mestre notou a mudança de comportamento de seu discípulo, e foi ver o que estava acontecendo.

- Estou subindo os degraus da iniciação – foi a resposta - o branco da minha roupa mostra a simplicidade da busca, a alimentação vegetariana purifica o meu corpo, e a falta de conforto faz com que eu pense apenas nas coisas espirituais.

 Sorrindo, o mestre levou-o até um campo onde um cavalo pastava.

- Você passou este tempo olhando apenas para fora, quando isso é o que menos importa – disse.

 Está vendo aquele animal ali? Ele tem a pele branca, come apenas ervas, e dorme num celeiro com palha no chão.

 Você acha que ele tem cara de santo, ou chegará algum dia a ser um verdadeiro mestre?

 

7. A tentação apresenta-se, frequentemente, sob forma de desculpas e queixas, como se tivesse de haver inúmeras condições para ser possível a alegria. Habitualmente isto acontece, porque «a sociedade técnica teve a possibilidade de multiplicar as ocasiões de prazer; no entanto ela encontra dificuldades grandes no engendrar também a alegria».2 Posso dizer que as alegrias mais belas e espontâneas, que vi ao longo da minha vida, são as alegrias de pessoas muito pobres que têm pouco a que se agarrar. Recordo também a alegria genuína daqueles que, mesmo no meio de grandes compromissos profissionais, souberam conservar um coração crente, generoso e simples. De várias maneiras, estas alegrias bebem na fonte do amor maior, que é o de Deus, a nós manifestado em Jesus Cristo. Não me cansarei de repetir estas palavras de Bento XVI que nos levam ao centro do Evangelho: «Ao início do ser cristão, não há uma decisão ética ou uma grande ideia, mas o encontro com um acontecimento, com uma Pessoa que dá à vida um novo horizonte e, desta forma, o rumo decisivo.»3

 

 

Só existe um inferno e talvez já o tenhas conhecido: é o lugar onde nada se espera, onde não se ama absolutamente ninguém e de ninguém se atende absolutamente nada, onde não se tem confiança em ninguém…

 

Louis Evely, in Sofrimento

 

 


INFORMAÇÕES

PROCISSÃO DE PASSOS NAS VELAS

No dia 15 de março, haverá missa, na Igreja Matriz de São Jorge, às 20 horas, seguida de mudança da Imagem do Senhor dos Passos para a Igreja de Nossa Senhora da Conceição.

No dia 16 de março, Procissão de Passos com o percurso habitual às 15 horas.

ALMOÇO TRADICIONAL

O grupo de alunos Finalistas, convida toda a população para um almoço tradicional que se realizará no dia 16 de março no Salão Paroquial de São Lázaro do Norte Pequeno, pelas 12 horas. Para o almoço haverá molha de pé, alcatra, feijoada, atum no forno, frango, bacalhau, sopa, sobremesas e bebidas incluídas. Para adultos 10€ e crianças com menos de 12 anos 5€. As reservas podem ser feitas para os n.os: 912958323 ou 913035551.

 


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 631

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 827

Pensamento da Semana

Dá-nos um coração claro que veja o céu aberto
e o mundo como os olhos de uma criança,
olhos de confiança e de descoberta
que nos salvem dos hábitos.

 

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas