Nº 602

QUE O MAR ARRASTE...


Que o mar arraste consigo
todos os pedaços que Deus quer arrancar de mim.
Que o mar engula em si
tudo aquilo que de mim Deus não sonhou.

Ó mar, mas não me molhes só a mim…
Vê como o mundo é seco e insalubre…

Arrasta também contigo
todas as vozes derrotadas dos corações fracassados
que com medo de perder preferem nem jogar…

Engole também em ti
tantos rostos enrugados,
de rugas que não são sábias e traços que não são velhos,
e não conhecem o sulco dos sorrisos…
Choram porque não sonham,
e não sonham porque se habituaram a chorar…

Mergulha em ti para sempre
todas as certezas que abafam as novidades,
todas as seguranças que calam os imprevistos
e todos os fariseus que matam os profetas…

Destrói em ti, ó mar,
enrola nas tuas ondas enfurecidas
toda a estética que não for beleza
e toda a ética que não for amor…

Por favor, ó mar…

Ó Deus Amor,
que um dia beijaste o mar para que dele brotasse a vida…

Por favor…

Em nome do Teu sonho, Pai,
em nome do Teu amor, Filho,
em nome do Teu desvelo, Espírito…

Por favor…

Rui Santiago cssr

 

MEDITAR

 

A TUA LUZ...

Onde está a Tua Luz, Senhor?...
A da vela que acendi
Apenas me deixa ver
Os meus próprios contornos…
A da candeia que alumiei
Só me deixa enxergar
O que me cerca…
A da fogueira que ateei,
Nada mais me deixa entrever
Para além dos caminhos que daqui partem…

Tenho medo, Senhor…
Se avançar à luz da vela,
Seguirei o meu caminho, não o Teu…
Se usar a da candeia,
Tropeçarei nas sombras que me abraçam,
Não chegarei a ver o caminho…
Se seguir até onde as chamas do fogo me levam,
Não saberei qual o caminho a escolher,
Qual a Tua Luz aponta…

Onde está a Tua Luz, Senhor?...
Sem Ela não sei como encontrar-Te,
Não poderei entender o que queres de mim,
Não terei forças para aceitar a Tua Vontade…

Ensina-me a esperar que a Tua Luz me encontre,
Abre o meus olhos para que eu A possa ver,
Usa o meu coração para que A possa receber,
Dispõe de mim para que a Tua Luz possa brilhar
E todo o Seu esplendor envolva os que me rodeiam
E os faça, também, ver os Teus Caminhos.

MR (20.09.07)

 

CONTO (463)

 

0 FUGITIVO

Certo dia, um jovem que fugia do seu inimigo chegou a uma povoação. Os habitantes acolheram-no e ofereceram-lhe um esconderijo seguro.

No dia seguinte, chegaram os soldados e passaram a aldeia a pente frio. Não o encontrando disseram:

- Queimaremos a aldeia e mataremos os homens se não nos entregarem esse jovem.

O chefe da aldeia, preocupado, foi à bíblia esperando encontrar aí uma resposta para a questão. Encontrou esta frase: «É melhor que pereça um homem antes que se perca todo o povo». Fechou a bíblia, chamou os soldados e indicou-lhes onde o jovem estava escondido.

Os soldados  levaram o fugitivo para o matarem e o povo fez uma festa porque o chefe da aldeia tinha salvo as vidas e as povoações.

O chefe, porém, ficou muito triste e ficou no seu quarto. Apareceu-lhe um anjo e perguntou-lhe:

- O que é que fizeste?

- Entreguei o fugitivo ao inimigo.

O anjo disse-lhe então:

- Mas não vês que entregaste o Messias?

O chefe, angustiado:

- Mas como poderia eu sabê-lo?

- Tê-lo-ias sabido se, em vez de ler a tua bíblia, tivesses ido ver o jovem pelo menos uma vez e o tivesses olhado olhos nos olhos.

 In  Alegre Manhã de Pedrosa Ferreira

 

A felicidade é reencontrarmos em nós a capacidade para amar, porque tudo o que fazemos sem amor é tempo perdido, é feito em má hora, é uma infelicidade... Enquanto tudo o que fazemos com amor é a eternidade reencontrada, a boa hora reencontrada; desse modo, a felicidade nos é dada por acréscimo.

Jean-Yves Leloup, em "Amar... apesar de tudo"

 


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 602

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 819

Pensamento da Semana

 

Um anjo nunca se faz conhecer, nós só sabemos que ele esteve connosco quando ele parte. Porque deixa-nos na vida um perfume, deixa-nos na vida um desassossego.

 

Erri de Luca, in Em nome da mãe

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas