Nº 591

 

Como a carta sai no dia da Criança e queria dar um pouco ao mundo das crianças, fui buscar um pouco dos recados da Mafalda ao sitio “Derrotar Montanhas”. Lá existem mais recados mas, como o espaço aqui é pequenino, deixo estes para a comemoração deste dia tão belo.

 

 

Recado da Mafalda ao Mundo dos Adultos

Mamã, tenho muitas coisas para te dizer, mas nunca consigo dizê-las porque te amo demais e ainda não sei como é possível dizer-te a verdade sem te magoar. Gostava que tu também pensasses mais vezes assim em relação a mim.

 

Gosto muito de ti e tenho pena que às vezes andes tão triste e tão cansada, mas eu não tenho culpa disso. Estás sempre a dizer que a vida é complicada, mas não fui eu que a construí assim. Foram vocês, no vosso mundo dos adultos!

 

Um mundo feito por mim seria muito mais simples. Costumas rir-te quando eu digo estas coisas e comentar que eu não percebo ainda nada da vida. Por isso aprendi a calar-me e a não partilhar contigo muitas vezes aquilo que penso.

 

Vocês, adultos, têm sempre a mania que sabem tudo, mas quando eu olho para vocês vejo apenas gente apressada e atarantada sem saber muito bem o que deve fazer a seguir! Por isso é que discutem tantas vezes e andam sem paciência nenhuma. A verdade é que vocês não sabem tanto quanto dizem… Mas acham que vos fica bem esse papel.

 

Há coisas importantes que eu só guardo no meu Coração. Tenho medo de te deixar triste se tas disser, e eu não quero, porque tu e o papá são as pessoas mais importantes para mim! E também porque tenho medo da tua reação…

 

Olha, vive comigo de maneira a que eu queira sempre contar-te aquilo que estou a sentir! Não me obrigues a esconder-te nada, porque isso faz-me sentir insegura.

 

São muito importantes para mim as regras que me impões, porque é assim que me ajudas a construir a minha vida com sentido, critérios e valores. Mas olha que eu só tenho onze anos e já sei muito bem que “as regras existem para serem quebradas” pelo amor! Por isso, quero pedir-te que às vezes quebres as regras, mesmo diante de mim, e me ames com um amor que as ultrapassa, que brinques comigo e faças palhaçadas daquelas que as regras dos adultos parece que não deixam fazer. No fundo, o que te estou a pedir é que me reveles que eu sou para ti mais importante que as regras que me impões!

 

 SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO

Tema

 No centro da Solenidade deste domingo está quer a celebração de Deus que alimenta o seu povo e que, no seu Filho, dá-lhe o alimento supremo e eterno, quer a grande Eucaristia dos crentes.
Para exprimir esta oração de louvor e de agradecimento, que dirigimos ao Senhor acolhendo o dom do seu amor, a Escritura emprega duas palavras: a bênção (primeira leitura) e a ação de graças (segunda leitura).
Estas duas dimensões de oração estão intimamente ligadas e devem habitar a nossa vida para além da missa, para testemunhar todo o amor com o qual Cristo ama os homens (Evangelho).
A Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo é a festa da Pessoa de Cristo. Ao levantarmos os olhos para o Pão e o Vinho consagrados, só podemos dizer: «É mesmo Ele! Meu Senhor e meu Deus!»
Dehonianos
 

MEDITAR

 

SER CRIANÇA

 
Ser criança é ser tesouro sem igual,
É a liberdade de correr, saltar, brincar,
É um ser sensível, doce e sentimental,
É o sonho que nunca se deixa de sonhar.

Ser criança é a tristeza do chorar
E a imensa alegria de saber sorrir,
É ter esse dom imenso de perdoar
Mesmo a maldade que só quer magoar.

Ser criança é pintar com as mãos e desenhar
Tudo e nada nas folhas brancas da imaginação,
Ser criança é ser capaz de ensinar a amar,
É ter o mundo inteiro na palma da sua mão.

Ser criança é ter fé, amor, viver a esperança
De que o mundo pode ser um lugar melhor,
Ser criança é ter fé, ter força e ter confiança,
É ser no jardim da vida a mais bela flor.

Ser criança é ver a vida com olhos de inocência,
É acreditar que o mundo é um jardim em flor,
Ser criança é ser fruto, é ser descendência,
É ser a forma mais universal do AMOR!
Hisalena
 

CONTO (452)

 

A CAIXA DE JOIAS

Era uma vez uma mulher que, ao sair de uma joalharia com uma caixa com jias de vários tamanhos, tropeçou e caiu. A tampa do cofre abriu-se a as joias dispersaram-se.
Os empregados da joalharia correram para impedir que alguém as roubasse, ajudando a mulher a recolhê-las. Uma avestruz, que passava a correr por ali, e sem que alguém a visse, tragou a joia maior.
Quando a mulher se deu conta da sua falta, começou a lamentar-se. Alguém lhe disse:
- A única pessoa que pode ter roubado a joia maior é esse peregrino que está sentado à porta da joalharia.
O peregrino vira a ave a comer, mas não queria que fizessem qualquer mal à avestruz. Por isso, repetia apenas:
- Eu não peguei em nenhuma joia.
Foi torturado para que dissesse a verdade, mas insistia na sua inocência.
Chegou um amigo do peregrino que interveio na discussão para perguntar:
- Aquela avestruz que ali se encontra onde estava quando a caixa caiu ao chão?
Alguns disseram que a tinham visto precisamente ali onde as joias caíram.
Compraram então o animal, mataram-no e no seu estômago encontraram a joia que faltava,
 In Alegre Manhã de Pedrosa Ferreira

 

O segredo, o mistério está na infância. Que é como quem diz: está nessa dimensão silenciosa, submersa, escondida que nós trazemos.
            A infância interessa-me não como um território que deixei, e a que só em memória posso regressar, mas como projeto.
 José Tolentino de Mendonça

 

INFORMAÇÕES
CLÍNICA DOS BOMBEIROS DA CALHETA

 

A Direção da Associação de Bombeiros Voluntários da Calheta, informa que estarão na Clínica da Instituição os seguintes especialistas:
Dr. Carlos Sarmento, Cirurgia Vascular, no dia 4 de junho de 2013.
Dr.ª Renata Gomes, Cardiologista, última semana de junho de 2013.
Dr.ª Maria Graça Almeida, Ginecologia-Obstetrícia, no dia 11 de junho de 2013.
Dr.ª Paula Pires, Neurologista em data ainda por estabelecer.
 Os eventuais interessados podem fazer as suas marcações para os números 295 460 110 / 295460111.

 


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 591

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 819

Pensamento da Semana

 

Um anjo nunca se faz conhecer, nós só sabemos que ele esteve connosco quando ele parte. Porque deixa-nos na vida um perfume, deixa-nos na vida um desassossego.

 

Erri de Luca, in Em nome da mãe

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas