Nº 589

 

O ESPÍRITO SANTO NÃO DÁ CURSOS DE LÍNGUAS!

Olá Jesus. Hoje é o Dia do Pentecostes, aquele do Espírito. O Espírito que tu levavas às pessoas e que Te levava às pessoas foi dado também àqueles que estavam unidos em teu nome. E quem escreveu essas coisas sabe contar histórias… diz que, quando chegou o Teu Espírito e começou a fazer das suas, a primeira coisa que aconteceu foi que toda a gente, mesmo na rua ou gente de outros lugares e países, entendia o que eles diziam! Altamente. 
Às vezes dá-me vontade de rir a maneira como os adultos ouvem estas coisas… não têm jeito nenhum para ouvir histórias! Imaginam que eles começaram todos a falar línguas estrangeiras, cada um a sua. EHEHEH!!! Eu sei o que é NÃO ENTENDER A LÍNGUA QUE ESTÃO A FALAR quando se põem a falar de Deus ou de Ti. Quando algumas pessoas falam de Deus ou de Ti parece que cheguei a outro país qualquer onde falam outra língua, feita com palavras como as do português mas com outra gramática estranha… Porque é que para falar de Deus ou de Ti não podemos falar com a linguagem que falamos todos os dias para dizermos as coisas da Vida?! Porque é que temos sempre que falar de Deus e de Ti em “catoliquês” ou “religiosês”?!
Adoro quando me falam de Deus ou de Ti numa LÍNGUA QUE EU ENTENDO. E sei que era assim que Tu falavas… Tu não falavas “religiosês”. Tu para falares de Deus usavas a língua da vida que se vivia à Tua volta. Dizias que Deus era como um semeador que saía a semear num campo que ainda não estava muito bem preparado, ou como um pastor que foi buscar uma ovelha perdida, ou como uma mulher que está a fazer pão e põe fermento na massa, ou como uma outra que perdeu uma moeda em casa e vira tudo para a achar, ou como um senhor que convidou os seus amigos para jantarem com ele em sua casa, ou como um ladrão que vem a meio da noite tirar-nos as coisas, ou como o céu que quando chove não escolhe os campos deste e rejeita os campos do outro, ou como um pai que gosta e cuida dos seus filhos e lhes dá o que eles precisam...
Tu também falavas uma LÍNGUA QUE TODOS ENTENDIAM. Lá está! É coisa típica do Espírito de Deus, não é?! Os que iam muito à sinagoga, entendiam-Te. Mas os que nunca lá punham os pés, também! Os que passavam a vida no templo de Jerusalém entendiam-Te (e de que maneira!!!). Mas os que nem podiam lá entrar por serem considerados impuros ou indignos, também (e de que maneira!!!). Os judeus do Teu povo entendiam-Te. Mas os estrangeiros dos países vizinhos que, passando, Te escutavam, também! Que milagre este do Espírito…
Adoro-Te!
Benjamim
Do blog Derrotar Montanhas
 

DOMINGO DE PENTECOSTES

O segredo de Deus

Ultimamente tenho recebido, de pessoas amigas, algumas sugestões para partilhar aqui neste espaço. É o que vou fazer hoje.
Alguém veio dizer-me que o Espírito Santo é em nós, o que o açúcar é no chá. Acontece algumas vezes que não achamos bom o chá. Descobrimos então a causa disso quando se chega ao fundo da chávena: era o açúcar. Havia açúcar lá, mas estava todo no fundo. Teria sido necessário mexer. Talvez o que esteja a faltar à nossa vida também tenha ficado no fundo. A nossa vida talvez não tenha o sabor esperado porque não temos a coragem de ir ao fundo das coisas. Fazemos caretas como ao tomar o chá sem açúcar. Precisamos de fazer o esforço de mexer a vida, de tocar nos segredos de Deus em nós, para que o Seu Espírito possa adoçar o todo que somos.
Assim o Espírito Santo é este segredo de Deus em nós. O Espírito está aí mas é preciso mexer.
O Patriarca Atenágoras escreveu que sem o Espírito Santo, Deus fica longe; Cristo permanece no passado; o Evangelho é letra morta, a Igreja é uma simples organização; a autoridade é um poder; o culto, uma velharia. Mas, no Espírito, o cosmos é enobrecido; Cristo torna-se presente; o Evangelho faz-se vida; a Igreja realiza a comunhão…
É preciso mexer o que Deus pôs dentro de nós.
Pe. José David Quintal Vieira, scj
 

MEDITAR

 

“Dá mais Vida à tua Vida”

Há luzes que brilham no meio das dificuldades do nosso tempo. No Ano da Fé, nos 50 Anos do Concílio Vaticano II e já sob o impulso da dádiva inestimável de Deus à sua Igreja, na pessoa do Papa Francisco, a Comissão Episcopal do Laicado e Família propõe-nos a Semana da Vida, endereçada a todos os que procuram verdadeiras razões de esperança.
O lema da Semana - Dá mais vida à tua vida! – acorda em nós a consciência de que a vida é o maior e mais precioso dos dons. Mas também desperta e mobiliza para a premente necessidade de uma nova postura: sendo a vida, hoje, tão depreciada, ameaçada e destruída, urge parar esta cultura de morte, instaurando, em seu lugar, uma sólida cultura da vida.
A Semana da Vida corresponde ao apelo do Papa João Paulo II, de uma celebração anual em defesa da vida, com o objetivo de suscitar nas consciências, nas famílias, na Igreja e na sociedade, o reconhecimento do sentido e valor da vida humana em todos os seus momentos e condições, concentrando a atenção de modo especial na gravidade do aborto e da eutanásia. … (EV 85)
A inteligência e o coração dizem-nos que a vida é direito e responsabilidade de todos e de cada um, ninguém vivendo só por si, nem apenas para si.
Cabe-nos acolher, defender e promover a vida que foi depositada em nossas mãos, a própria e a dos outros. Como valor primeiro, ela deve ser também critério fundamental, subjacente a todas as instituições humanas, privadas ou públicas. Toda a sociedade que não fundamente as suas leis no respeito total pela vida, desumaniza-se e cava a sua própria ruína.
Dar mais vida à nossa vida implica abraçá-la em todas as circunstâncias, sem ceder nem aos egoísmos, nem às modas ou correntes de opinião, nem aos mercados, nem aos parlamentos.
Fonte Agência Ecclesia
 

CONTO (450)

 

A DESCOBERTA DO POETA

Um jovem poeta vivia só, fechado numa torre de marfim que tinha apenas uma janela e que permanecia fechada. Vivia triste.
Todos os dias fazia perguntas sem resposta acerca do mundo, da vida, do homem, da alma, de Deus… E acabava sempre por se refugiar no mundo irreal e maravilhoso da fantasia. Imaginava espetáculos extraordinários de beleza ou de crueldade, sonhava em coisas impossíveis de realizar. Mas também este mundo fantástico o aborrecia e cada vez se sentia mais triste.
Uma tarde, enquanto se dispunha a escrever uma linhas, notou sobre uma folha branca um ponto negro. Observou-o de perto e viu que se movia.
Seguiu-o até à margem da folha, tentou agarrá-lo, mas ele escapou-se-lhe.
O ponto subiu para a janela da fachada. O poeta levado pela curiosidade, abriu a janela de par em par.
O ponto saiu e continuou a sua marcha pelo céu azul. O poeta seguiu-o com o olhar, até que ele se perdeu no infinito.
A janela ficou aberta e o poeta sorriu.
 In Alegre Manhã de Pedrosa Ferreira

 

Ser Feliz é como fazer Amigos: acontece-nos quando andamos à procura de outras coisas, aparece-nos nas esquinas de uma vida a caminho.
Rui Santiago

 

INFORMAÇÕES

ESCOLA DA CALHETA

A Escola Básica e Secundária da Calheta informa os interessados de que se encontram abertas, até ao dia 15 de junho, as matrículas das crianças que irão frequentar pela primeira vez o ensino público (ensino pré-escolar/primeiro ciclo).
Estas deverão ser efetuadas, presencialmente, na escola da área de residência, junto da respetiva encarregada de estabelecimento/coordenadora de núcleo, no seguinte horário:
EB1/JI da Calheta – quinta-feira 10:30 às 11:30
EB1/JI da Ribeira Seca – quinta-feira das 11:00 às 12:00
No caso de não ser possível aos encarregados de educação realizarem a matrícula neste horário, poderão, em alternativa, fazê-la nos serviços administrativos da EBS da Calheta, durante o horário normal de expediente.
   DOCUMENTOS A APRESENTAR
Fotocópia do Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão; fotocópia do número de contribuinte do aluno (se não tiver C. Cidadão); fotocópia do cartão de beneficiário do subsistema de saúde do aluno (Exemplo: ADSE; Seg. Social; etc); Boletim Individual de Saúde (vacinas), apenas dos alunos que irão frequentar o 1º ano
 

CLÍNICA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DA CALHETA

            A Direção da Associação de Bombeiros Voluntários da Calheta informa que estarão na sua clínica os seguintes médicos:
Dr. ª Alexandra Dias, Pediatria de 31 de maio a 1 de junho de 2013.
            Dr. Carlos Sarmento especialista em Cirurgia Vascular, durante a primeira semana de junho de 2013.
Dr. ª Renata Gomes Especialista em Cardiologia, no dia 4 de junho de 2013.
Dr. ª Paula Pires, Neurologista em data ainda por estabelecer. 
            Os eventuais interessados podem fazer as suas marcações para os números 295 460 110/ 295460111.

Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 589

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 854

Pensamento da Semana

 

PENSAMENTO DA SEMANA

 

QUE SEJAS TU MESMO...

Que o caminho te seja suave e que o vento sopre brando e que leve aquilo que não te serve.

Que os teus passos se orientem pelo farol da tua vontade e que os teus pés nunca pisem ninguém.

Que os teus olhos se virem para o bem e nunca ceguem para a beleza do mundo.
Que nenhuma culpa te pese nem nenhum sonho se lembre de ficar por sonhar e que nenhuma palavra de raiva ou despeito tenha poder sobre ti.

Que a música, seja riso ou som de água, nunca deixe de fluir e que nunca os teus braços deixem de ser ninho ou berço.

Que o teu amor construa pontes e faça jorrar as fontes e toda a paz do mundo venha florir à entrada da tua casa.

Que nenhum gesto cortante ou pedra atirada possam ferir-te e que de tudo o que sofreres não nasça amargura nem outra vingança que não seja a de viver com fúria até ao fim.

Que nada, nem beijos sequer ou auroras de orvalho ou poentes dourados, que nada te mate a sede de seres aquilo que a pessoa que és quiser.

in lado.a.lado

 

 

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas