Nº 587

 

ETERNAMENTE MÃE

 
MÃE...
que na presença constante me ensinou
na pureza do seu coração a vislumbrar
caminhos...
 
MÃE...
dos primeiros passos, das primeiras
palavras...
 
MÃE...
do amor sem dimensão, de cada momento,
dos atos de cada capítulo de minha vida
não ensaiados, mas vividos em cada
emoção...
 
MÃE...
da conversa no quintal, do acalanto do
meu sono aquecido de amor, aninhada
em seu coração...
 
MÃE ...
do abraço, do beijo que levo na
lembrança...
 
MÃE...
é você que me inspira a caminhar...
 
MÃE...
a presença de cada passo que o
tempo não apaga: por mais longo
e escuro que seja o caminho, haverá
sempre um horizonte...
 
MÃE...
Mulher a quem devemos a vida,
que merece o nosso respeito,
nossa gratidão e nosso afeto.
 
Autor Desconhecido
 

VI DOMINGO DE PÁSCOA

Morada de Deus

Nesta etapa do tempo pascal há uma insistência na promessa do envio do Espírito Santo, nas leituras propostas. Mas afinal quem é o Espírito Santo? Fiz esta mesma pergunta a um grupo de catequizandos. Alguém, depois de alguma hesitação, respondeu:
- O Espírito Santo é uma Bandeira Vermelha que nós recebemos lá em casa.
Esta não era bem a resposta esperada mas não tive coragem de corrigir, lembrando-me das Visitas do Espírito Santo, tão comuns aqui na Madeira nesta época. E deixei-me levar por esta simbologia, tão ao gosto popular, que me fez compreender melhor a presença do mesmo Espírito. Tal como os descobridores portugueses, aonde chegavam, plantavam aí a bandeira da Pátria e o estandarte da fé, assim Deus planta em nós a sua bandeira através da efusão do Seu Espírito. Tal como um edifício ostenta a bandeira nacional, assim nós, morada de Espírito Santo, assinalamos assim a nossa pertença a Deus. Além disso uma bandeira é sinal de festa.
Nós somos a alegria de Deus. É vermelha qual fogo que nos aquece e anima, que nos purifica como ouro no crisol, que nos aconchega como Espírito de amor junto à lareira... Jesus promete fazer de nós sua morada. O Espírito Santo é a bandeira dessa propriedade. E se Ele é bandeira, então nós somos o seu mastro. Aspiremos às coisas do alto.
Pe. José David Quintal Vieira, scj
 

AMOR DE MÃE

Uma criança prestes a nascer perguntou a Deus:
- Dizem-me que vou ser enviado à terra amanhã... Como vou viver lá, sendo assim pequeno e indefeso?
E Deus disse: « Entre muitos anjos, eu escolhi um especial para ti. Estará lá à tua espera e tomará conta de ti».
Criança: «Mas diga-me: Aqui no Céu eu não faço nada a não ser cantar e sorrir, o que é suficiente para que eu seja feliz. Serei feliz lá? 
Deus: «O teu anjo cantará e sorrirá para ti... a cada dia, a cada instante, terás o amor do teu anjo e será feliz».
Criança: «Como poderei entender quando falarem comigo, se eu não conheço a língua que as pessoas falam?»
Deus: «Com muita paciência e carinho, o teu anjo te ensinará a falar».
Criança: «E o que farei quando eu quiser falar Contigo?»
Deus: «O teu anjo juntará as tuas mãos e ensinar-te-á a rezar».
Criança: «Eu ouvi que na terra há Homens maus. Quem me protegerá?»
Deus: «O teu anjo te defenderá mesmo que signifique arriscar sua própria vida».
Criança: «Mas eu estarei sempre triste porque eu não Te verei mais.»
Deus: «O teu anjo sempre te falará de Mim, te ensinará a maneira de vir a Mim, e eu estarei sempre dentro de ti.»
Nesse momento havia muita paz no céu, mas as vozes da terra já podiam ser ouvidas. A criança apressada, pediu suavemente:
- Oh Deus se eu estiver a ponto de ir agora, diga-me por favor, o nome do meu anjo.
E Deus respondeu:
- Tu chamarás ao teu anjo... MÃE!
 
Autor desconhecido
 

CONTO (448)

 

ONTEM, HOJE E AMANHÃ

Era uma vez um rei que passou a vida a fazer guerra aos povos vizinhos. Ao chegar aos 60 anos deu-se conta que não tinha aprendido muito do sentido da vida. Convocou os seus ministros e disse-lhes:
- Ide e buscai livros acerca da verdadeira sabedoria.
Eles foram e trouxeram-lhe quarenta camelos carregados de livros. O rei disse:
- Já não tenho idade para ler tantos livros. Fazei um resumo do que eles dizem.
Convocaram os sábios do reino, que durante sete anos, resumiram tudo em sete camelos carregados de papel.
O rei disse:
- Não tenho tempo para ler tudo isso. Resumi mais ainda.
E foi assim que, passados alguns anos, lhe entregaram um novo resumo em vários livros. O rei disse:
- É muita literatura para a minha idade. Resumi mais ainda.
Os sábios conseguiram redigir apenas um livros para condensar toda a sua sabedoria.
O rei ao receber o livro, disse-lhes:
- Por favor, peço-vos que resumam tudo isso numa pequena frase.
Foi então que os sábios, depois de muito diálogo, conseguiram redigir uma frase, que dizia assim: «Vive o momento presente».
 In Bom dia, alegria de Pedrosa Ferreira

 

Tal como a amendoeira começa a florir no alvor da Primavera, um sopro de confiança faz germinar os desertos do coração. (...)
É a flor que desabrocha de madrugada, quando é possível recomeçar sempre de novo, quando o sopro da confiança nos conduz pela senda de uma bondade serena.
 
Irmão Roger, de Taizé, em "Deus só pode Amar"

 

 

FESTA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

FAJÃ DA RIBEIRA D’AREIA

Dia 12 de maio - Missa às 20 horas seguida de procissão de velas.
Dia 13 de maio - missa às 13 horas seguida de procissão.
 

CAMINHO DA FAJÃ DOS VIMES

A Câmara Municipal da Calheta informa que o caminho de acesso à fajã dos Vimes vai estar interrompido na segunda feira, dia 6 de maio, a partir das 8h30m e durante todo o dia.
Esta interrupção deve-se a uma intervenção que a Câmara vai realizar na Ribeira Seca do Calhau.
Informa ainda que, se as condições do tempo impossibilitarem a referida intervenção, a mesma fica desde já marcada para o dia seguinte.
A Câmara disponibilizará duas viaturas, para assegurar algum transporte que seja necessário, por motivos de força maior.
 

CLÍNCA DENTÁRIA DA CASA DO POVO DA RIBEIRA SECA

Informa que a Dr.ª Cátia Reis, médica dentista, estará nesta clínica a prestar consultas de 20 a 28 de maio de 2013. As marcações podem ser feitas através do nº 962577473.
Informa que os tratamentos têm um custo de 40€.

Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 587

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 827

Pensamento da Semana

Dá-nos um coração claro que veja o céu aberto
e o mundo como os olhos de uma criança,
olhos de confiança e de descoberta
que nos salvem dos hábitos.

 

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas