Nº 414

 

LIÇÃO DE CRIANÇA

A bola rebolava de um lado para o outro...

A criança corria atrás dela. Desajeitada, devido à tenra idade. Batia como podia na pequena bola que, a maior parte das vezes, ia ter ao pé dos outros passageiros que enquanto deambulavam pela gare do aeroporto,  tocavam de mansinho na bola a ver se ela ficava junto da criança.

O pai acompanhava o filho, por vezes à distância, para ver como ele se saía.

E, aquela criança conseguiu criar naquele aglomerado de passageiros, já cansados por outras viagens e esperas em outros aeroportos, um ambiente de tranquilidade. A maior parte deitava um sorriso, seguia os seus passos e era contagiada pela sua alegria.

Lembrei-me de todas aquelas ocasiões em que nos vemos envolvidos pelo desgaste da vida, os aborrecimentos que nos causam as situações difíceis e inesperadas. Aquilo a que hoje se chama de stress que leva consigo o desgaste da vida e o cansaço. Situações que parecem intermináveis e que nos afectam física e psiquicamente.

Há poucos dias deixei aqui as mensagens de Natal e Ano Novo. Queremos um tempo que nos dê a alegria de viver. Em que nos sintamos bem e felizes.

Naquela sala de espera, fui capaz de repetir para mim que tenho de ter este olhar e atitude de criança. Tenho de levar comigo aquele sorriso simples e contagiante de criança.

Fui projectando isto para este ano novo e gostaria que a minha vida fosse esta forma simples e alegre, como a daquela criança despreocupada e feliz por correr atrás de uma bola pequena e que tinha a atenção de seus pais e demais passageiros. Queria dar aos outros a alegria e a paz. Ter a serenidade e a simplicidade. Ter o sorriso transparente e contagiante…

O ano podia ser assim, mas não. A realidade dos dias agitados vão continuar. As pressas, os cuidados, as preocupações. Haverá o trabalho a fazer com diligência, até aquele que não é saboroso. São os outros, as exigências sociais. Planificações e projectos…

Vejo a vida agitada, que leva o sinal do sofrimento, do trabalho, da preocupação…

No meio de tudo isto, acredito que o bom Deus está presente para ajudar e suavizar, para ser o suporte necessário para mais um ano, contando, também, com todos os que fazem parte da história da minha vida.

                                   Pe. Manuel António

FESTA DO BAPTISMO DO SENHOR

Tema:

A liturgia deste domingo tem como cenário de fundo o projecto salvador de Deus. No Baptismo de Jesus nas margens do Jordão, revela-se o Filho amado de Deus, que veio ao mundo enviado pelo Pai, com a missão de salvar e libertar os homens. Cumprindo o projecto do Pai, Jesus fez-Se um de nós, partilhou a nossa fragilidade e humanidade, libertou-nos do egoísmo e do pecado, empenhou-Se em promover-nos para que pudéssemos chegar à vida plena.

A primeira leitura anuncia um misterioso “Servo”, escolhido por Deus e enviado aos homens para instaurar um mundo de justiça e de paz sem fim… Animado pelo Espírito de Deus, Ele concretizará essa missão com humildade e simplicidade, sem recorrer ao poder, à imposição, à prepotência, pois esses esquemas não são os de Deus.

No Evangelho, aparece-nos a concretização da promessa profética veiculada pela primeira leitura: Jesus é o Filho/”Servo” enviado pelo Pai, sobre quem repousa o Espírito, e cuja missão é realizar a libertação dos homens. Obedecendo ao Pai, Ele tornou-se pessoa, identificou-Se com as fragilidades dos homens, caminhou ao lado deles, a fim de os promover e de os levar à reconciliação com Deus, à vida em plenitude.

A segunda leitura reafirma que Jesus é o Filho amado que o Pai enviou ao mundo para concretizar um projecto de salvação; por isso, Ele “passou pelo mundo fazendo o bem” e libertando todos os que eram oprimidos. É este o testemunho que os discípulos devem dar, para que a salvação que Deus oferece chegue a todos os povos da terra.

(Dehonianos)

 

MEDITAR

Oração de Entrega

Estás em mim, Senhor.

Vives em mim e comigo.

Que tudo seja para Ti

em doação de amor, em oferta de amigo.

Mas, quem sou eu? Que tenho eu que Te possa interessar?

Que podes Tu ganhar, Senhor,

com as minhas riquezas feitas de pobreza?

Eu sei! Tudo é Teu; Tu estás em tudo o que é meu.

Deixa-me, Senhor,

na simplicidade da minha pobreza,

dar-Te, entregar-Te, oferecer-Te

cada pulsação do meu coração,

cada respiração do meu ser,

cada movimento dos meus membros,

toda a acção dos meus sentidos,

todo o agir do meu pensar e recordar,

todo o desejo da minha vontade,

toda a centelha do meu amor.

É pouco, Senhor,

mas é o que tenho de melhor ... Eu e o meu amor...

Ensina-me a dar-me totalmente.

Do blogue Jovens & Missão

 

CONTO (288)

 

O RATO

Um budista encontrou à porta de casa um rato enregelado pelo frio. Recolheu-o, aqueceu-o e pediu-lhe para ficar. Apesar de nada lhe faltar, o rato não era feliz. O budista perguntou-lhe:

- Que tens?

- És muito bom para comigo. Mas está o teu gato…

- Mas o meu lindo gato não te faz mal! Não tenhas medo!

- Sim, mas é mais forte que eu. Transforma-me em gato!

- E, de repente, o rato transformou-se num grande gato.

Quando nasceu o dia e o rato se viu em gato, correu a esconder-se debaixo da cama do budista. Este surpreendido, perguntou:

- Que se passa? Tens medo do gato?

O rato-gato, envergonhado, implorou:

- Por favor, transforma-me num cão.

E assim aconteceu. Mas correu a esconder-se no quarto do budista. Este perguntou-lhe:

- Que se passa?

- Não me sinto bem como cão. Imagina que até tenho medo do gato.

O budista sorriu e explicou-lhe:

Sabes porquê? É que mesmo com as aparências de gato ou de cão, continuas com o coração de rato.

In  ALEGRE MANHÃ  de Pedrosa Ferreira

 

 

Ainda que os teus passos pareçam inúteis, vai abrindo caminhos, como a água que desce cantando da montanha. Outros te seguirão…


(Saint-Exupéry)

 

Não se deve ter medo de dar um grande passo quando for altura disso. Não se pode atravessar um abismo aos saltinhos.

(David Lloy George - Estadista Inglês

 


 

COMISSÃO DA IGREJA DAS MANADAS

A Comissão da Igreja das Manadas agradece a todas as pessoas que ajudaram durante o seu mandato desde as coordenadoras, catequistas e acólitos não nomeando nomes para não deixar alguém de fora. Achamos que o que foi feito foi com a ajuda de todos. Queremos agradecer em especial à Sr.ª Maria de Fátima a sua ajuda. Desejam à nova Comissão sorte no desempenho da sua missão estando disponíveis para ajudar no que for necessárias.

 

VENDE-SE CASA

Encontra-se à venda uma casa de moradia, junto ao Bairro da Fajã Grande, na Calheta. Aceitam-se propostas. Contactar a Srª Zulmira Lopes através dos n.os 295416299 ou 295416288.

 

CLÍNICA DENTÁRIA

A Dr.ª Brigite Costa Neves informa toda a população que se encontra em funcionamento a Cínica Dentária Style, localizada na Transversal da Urzelina e que tem serviço de próteses dentárias. Contactar através do telefone 295414013.

 


Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 414

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 819

Pensamento da Semana

 

Um anjo nunca se faz conhecer, nós só sabemos que ele esteve connosco quando ele parte. Porque deixa-nos na vida um perfume, deixa-nos na vida um desassossego.

 

Erri de Luca, in Em nome da mãe

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas