Nº 489

 

Procurei um texto que ajudasse nesta recta final do ano escolar
E em tempo de festas em louvor do Divino Espírito Santo, em que toda a gente anda super ocupada e eu, naturalmente, também me encontro incluído neste número dos ocupados.
Então, encontrei este texto de Rui Santiago CSSR de que gostei muito e transcrevo para que possa ser saboreado...
 

ACREDDITAS?

Eu vi que o mar das lágrimas não existia mais e todos os choros tinham terminado para sempre.
Eu vi que as esperanças dos pequenos de todos os tempos tinham sido confirmadas e os gritos dos infelizes tinham sido ouvidos com ternura.
Eu vi que os poderosos tinham deixado de o ser, os fortes eram mansos e os dominadores da história se tinham tornado irmãos.
Eu vi que todas as nossas medidas de Justiça se tinham esfumado e todos se alegravam pela presença de todos.
Eu vi que ninguém já tinha em si a capacidade de fazer os outros tristes, mas apenas de os amar.
Eu vi que o Espírito de Deus circulava abundante como Sangue Divino de um Corpo Universal encabeçado por Jesus de Nazaré Ressuscitado.
Eu vi que o definitivo da história é a Vida em Plenitude onde não há mais dor, nem pecado, nem luto, nem ambiguidade.
Eu vi que a Festa da Salvação se inaugura permanentemente num amoroso “Amo-te!” dito pelo ABBA e acolhido por todos das próprias mãos da RUAH, que é o desvelo amoroso da Família Divina, a maternidade, o encanto e a infância de Deus a gerar continuamente ternura e comunhão.
Eu vi, entretanto, que Jesus se dirigia a mim enquanto a Festa permanentemente se inaugurava e a Dança Divina se recriava. Com a força e a intimidade de quem transmite um testamento, disse-me: “Vai contá-lo aos teus irmãos!”
E eu respondi-lhe: “Jesus, e se me perguntarem como vi, o que lhes responderei?!”
Ele disse-me: “Diz-lhes que Ver é Esperar!”
Desculpa, Senhor, mas o que é Esperar?
Ele respondeu de novo: “Esperar é Antecipar!”
“Senhor, o que é Antecipar?”
“Antecipar é Fazer!”
“Senhor, perdoa-me, quase parece que não quero ir-me embora daqui mas, o que queres dizer com Fazer?”
“Fazer é Confiar!”
“E o que é Confiar?”
“Confiar é deixares de fazer perguntas!”
E eu calei-me.
 

SOLENIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE

Tema:

A Solenidade que hoje celebramos não é um convite a decifrar o mistério que se esconde por detrás de “um Deus em três pessoas”; mas é um convite a contemplar o Deus que é amor, que é família, que é comunidade e que criou os homens para os fazer comungar nesse mistério de amor.
Na primeira leitura, o Deus da comunhão e da aliança, apostado em estabelecer laços familiares com o homem, auto-apresenta-Se: Ele é clemente e compassivo, lento para a ira e rico de misericórdia.
Na segunda leitura, Paulo expressa – através da fórmula litúrgica “a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco” – a realidade de um Deus que é comunhão, que é família e que pretende atrair os homens para essa dinâmica de amor.
No Evangelho, João convida-nos a contemplar um Deus cujo amor pelos homens é tão grande, a ponto de enviar ao mundo o seu Filho único; e Jesus, o Filho, cumprindo o plano do Pai, fez da sua vida um dom total, até à morte na cruz, a fim de oferecer aos homens a vida definitiva. Nesta fantástica história de amor (que vai até ao dom da vida do Filho único e amado), plasma-se a grandeza do coração de Deus.
(Dehonianos)
 

MEDITAR

 

Oração de Gandhi

"Senhor, ajuda-me a dizer a verdade
diante dos fortes e a não dizer mentiras para
ganhar o aplauso dos fracos.
Se me dás fortuna, não me tires a razão.
Se me dás sucesso, não me tires a humildade.
Se me dás humildade, não me tires a dignidade.
Ajuda-me a enxergar o outro lado da moeda.
Não me deixes acusar o outro
por traição aos demais, apenas por não pensar igual a mim.
Ensina-me a amar os outros como a mim mesmo.
Não deixes que me torne orgulhoso, se triunfo;
nem cair em desespero se fracasso.
Mas recorda-me que o fracasso
é a experiência que precede o triunfo.
Ensina-me que perdoar é um sinal de grandeza
e que a vingança é um sinal de baixeza.
Se não me deres o êxito,
dá-me forças para aprender com o fracasso.
Se eu ofender as pessoas,
dá-me coragem para desculpar-me.
E se as pessoas me ofenderem,
dá-me grandeza para perdoar-lhes.
Senhor, se eu me esquecer de Ti,
nunca Te esqueças de mim."

 

«Podes duvidar que Deus existe, mas Deus não duvida que tu existes.»
«Um homem sem história é como um livro sem letras.»

 

INFORMAÇÕES

 

FESTA DO SANTÍSSIMO NA RIBEIRA D’AREIA

Tríduo nos dias 20, 21 e 22 de Junho às 20 horas.
Dia 23 de Junho - Missa de festa às 13 horas e procissão às 20 horas.
 

FESTA DE SANTO ANTÓNIO NA PARÓQUIA DE SANTO ANTÓNIO

Tríduo nos dias:
 22 de Junho - Eucaristia ás 20 horas
 23 de Junho - Eucaristia às 11 horas
 24 de Junho - Eucaristia às 21 horas
Dia 26 de Junho, missa de Festa às 13.00 horas e procissão às 19.30 horas.
 

FESTA DE SANTO ANTÓNIO NAS MANADAS

No próximo Domingo, dia 26 de Junho, na Ermida de Santo António das Manadas haverá a festa de Santo António com Eucaristia às 16 horas seguida de procissão.
 

REUNIÃO DE PREPARAÇÃO PARA O CRISMA

A reunião para os que vão receber o sacramento do Crisma na Igreja Matriz da Calheta está prevista para a próxima terça-feira às 19 horas, na Igreja Matriz. Devem estar presentes os padrinhos e os pais .
 

REUNIÃO PARA A PRIMEIRA COMUNHÃO E PROFISSÃO DE FÉ

A reunião para os que vão fazer a festa da Profissão de Fé e Primeira Comunhão será na próxima terça feira às 17 horas na Igreja Matriz.
 

BAZAR DOS JOVENS

O Grupo de Jovens que vai a Madrid pretende fazer, na Feira Agrícola, um bazar para angariar fundos para este fim. Por isso, pedem a colaboração e apoio das pessoas da Calheta, Biscoitos, Norte Grande e Norte Pequeno com dádivas para que possam realizar mais esta actividade. Desde já agradecem a colaboração.
 
 

Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 489

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 819

Pensamento da Semana

 

Um anjo nunca se faz conhecer, nós só sabemos que ele esteve connosco quando ele parte. Porque deixa-nos na vida um perfume, deixa-nos na vida um desassossego.

 

Erri de Luca, in Em nome da mãe

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas