Nº 751

 

 

 
 
Deixa Deus entrar...Deixa-me ouvir a Tua voz
Deixa-me sentir a Tua alegria
Eu quero encontrar-Te."First-Lauren DaigleQueremos que tudo seja instantâneo. Achamos, muitas das vezes, que esta construção, de onde Deus é protagonista, é feita à semelhança do .
A vontade d'Ele não é a nossa vontade.
É certo que são muitas as questões, as dúvidas e as dores.
E quando alguém acompanha o outro nunca elimina a dor, o sofrimento, nem dá todas as respostas, mas ampara. Segura. Protege. Dá alento. Divide tristezas e multiplica a felicidade.
Tudo isto acontece se abrirmos a porta e O deixarmos cear connosco.
Para isso não podemos ignorar todas as questões.
Precisamos que a paciência com este Deus seja enorme, pois só assim perceberemos o seu amor.
A fé nunca será totalmente adquirida.
Tudo depende do relacionamento.
Por isso, antes de partirmos, deixemos que Ele entre.
Antes de desanimarmos, experimentemos a Sua alegria, a Sua misericórdia e o Seu amor. Emanuel António Dias
 
 
XIII DOMINGO TEMPO COMUM
Olhar para trás
- Porquê? – Perguntei às crianças da catequese.
- É uma falta de educação olhar para trás. – Respondeu alguém - Jesus não nos quer mal-educados. De facto, olhar para trás é distrair-se, não prestar atenção…
- Eu acho é que nos faz doer o pescoço. Por isso não devemos olhar para trás senão Deus ter-nos-ia feito com um pescoço que desse uma volta completa. Nós fomos feitos para olhar em frente.
- É também perigoso para a estrada ou para aquilo que estivermos a fazer. – Acrescentou outro – Faz-nos tropeçar e já não conseguimos avançar.
Concluí então que não se deve olhar para trás por tudo isto e muito mais.
Olhar para trás quer dizer ficar agarrado ao passado. É preciso libertar-se de algo fixo para avançar sem saudades do que se deixou porque um valor mais alto se levantará à nossa frente.
É preciso pôr os olhos em Cristo porque ele vai à nossa frente e é preciso segui-lo.
Porque não é preciso medir o que já está feito mas sim olhar o que ainda está para fazer ou percorrer.
Cidadão do Reino de Deus é todo aquele que olha em frente e avança sem amarras do passado.
Não se pode perder tempo: É preciso apanhar Cristo.
                                                  Pe. José David Quintal Vieira, scj
MEDITAR
 
SEM MISERICÓRDIA, AINDA É NOITE
"Para os cristãos, a grande mentira é ver os outros sem misericórdia; é fechar os olhos à bondade da sua humanidade e sobrecarregá-los com o peso dos seus pecados.
 
Não veremos corretamente as pessoas, se não for com misericórdia.
 
Não verei corretamente um velho mendigo a pedir à beira da estrada, enquanto não o vir como um futuro cidadão do Reino. (...)
 
Um dia, um rabino perguntou aos seus discípulos:
 
- Como se pode dizer que a noite terminou e o dia está de volta?
 
Um discípulo sugeriu:
 
- Quando se pode ver claramente que um animal, à distância, é um leão e não um leopardo.
 
- Não - disse o rabino.
 
Um outro disse:
- Quando se pode ver que uma árvore tem figos e não pêssegos?
 
-Não- disse o rabino - é quando se pode olhar para a face de outra pessoa e ver que aquela mulher ou aquele homem é vossa irmã ou vosso irmão. Porque enquanto não forem capazes de o fazer, seja qual for o tempo do dia, ainda é noite."
 
Timothy Radcliffe, in Ser Cristão para quê?
 
Quem tiver lançado as mãos ao arado e olhar para trás não serve para o Reino de Deus, disse Jesus no Evangelho.
 
CONTO (610)
 
DAR ALEGRIA
Era uma vez um homem que estava cansado de chorar a sua infelicidade.
Um dia, sentiu que a felicidade estava perto e saiu de casa, disposto a agarrá-la só para si.
Viu-a primeiro numa flor do jardim e colheu-a. Mas, logo que pegou nela para si, esvaiu-se.
Viu-a depois num lindo raio de sol ao nascer do dia. Voltou-se para ele a fim de ser o único a ser iluminado, mas o raio de sol, escondeu-se por detrás de uma nuvem.
Viu-a depois numa guitarra. Pegou nela e, sozinho, quis deliciar-se com uma linda melodia, mas as cordas partiram-se.
Ao fim do dia, regressou a casa e volta a chorar.
Porém não desistiu e continuou a sua busca da felicidade.
No caminho encontrou uma criança a gemer e ele, para a consolar, colheu uma flor e deu-lha. O perfume dessa flor também o fez feliz.
Encontrou mais adiante uma pobre mulher que tremia de frio. Levou-a para junto de um raio de sol e ela aqueceu-se. Esse calor do sol também o fez feliz.
Mais adiante, um grupo de jovens que cantavam ao som de uma guitarra. Juntou-se a eles e também tocou para eles uma alegre melodia. Esse convívio musical também o fez feliz.
Ao fim do dia, ao chegar a casa sentiu que tinha encontrado pedaços de saborosa felicidade. Percebeu que foi dando que se recebeu alegria.
In TOMA E LÊ de Pedrosa Ferreira

 

Queremos que estas sejam férias com Deus e não férias de Deus.
Queremos escutar, ainda mais, a Tua voz
e sentir sempre a Tua presença.
 
Na Palavra, na Oração e sobretudo na Santa Missa,
nós queremos continuar sempre contigo,
pois sabemos e sentimos que Tu estás sempre connosco.
Theosfera
 

 

INFORMAÇÕES
 
ENCERRAMENTO DO MÊS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
Manadas - 5ª feira 30 de junho

 

Adoração do Santíssimo Sacramento das 18 horas às 19 horas. Celebração da Eucaristia às 19 horas.

 

 

 

Ribeira Seca - 6ª feira 1 de julho

 

Adoração do Santíssimo Sacramento das 18 horas às 19 horas. Celebração da Eucaristia às 19 horas.

 

 

 

Calheta – 6ª feira, 1 de julho

 

Adoração do Santíssimo Sacramento das 18 horas às 19 horas. Celebração da Eucaristia às 19 horas.

 

 
CONVITE
Manuel Hermínio de Sousa e sua esposa Liliana de Sousa convidam todas as pessoas para a festa que vão realizar em louvor do Divino Espírito Santo, no Loural, no dia 3 de julho. A missa será às 13 horas e depois serão servidas as “sopas“ no Centro Social.
 
FESTA DE SÃO PEDRO NA BEIRA
No dia 3 de julho irá realizar-se a festa de São Pedro na Ermida com o mesmo nome, na Beira, às 13 horas, com missa e procissão.

Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 751

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 832

Pensamento da Semana

Se Deus é luz, e tantas religiões usam esta imagem para falar do divino, então Ele é o que não se vê mas faz ver. A luz não é para ser vista, é para iluminar tudo o resto. Se vejo as coisas, e as vejo em profundidade e com o seu verdadeiro sentido, escondido aos olhos comuns, então é porque algo, alguém, me faz ver. Procuras Deus? Olha para o mundo com olhos de ver.

Vasco Pinto de Magalhães, s.j.

 

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas