nº 738

 

VOTOS DE UMA
SANTA E FELIZ PÁSCOA
 
Chegou o Grande Dia de se nascer de novo.
Com a Páscoa tudo é novo, tudo é dom, tudo é graça.
É a grande novidade do nosso Deus. Ressuscita para nos dar uma nova Vida.
Que esta Vida nova seja real e efetiva em cada um de nós.
 
São os votos dos Sacerdotes ao serviço nesta ilha de São Jorge.
 
DOMINGO DE PÁSCOA
A liturgia deste domingo celebra a ressurreição e garante-nos que a vida em plenitude resulta de uma existência feita dom e serviço em favor dos irmãos. A ressurreição de Cristo é o exemplo concreto que confirma tudo isto.

 

A primeira leitura apresenta o exemplo de Cristo que “passou pelo mundo fazendo o bem” e que, por amor, Se deu até à morte; por isso, Deus ressuscitou-O. Os discípulos, testemunhas desta dinâmica, devem anunciar este “caminho” a todos os homens.

 

O Evangelho coloca-nos diante de duas atitudes face à ressurreição: a do discípulo obstinado, que se recusa a aceitá-la porque, na sua lógica, o amor total e a doação da vida não podem nunca ser geradores de vida nova; e o discípulo ideal, que ama Jesus e que, por isso, entende o seu caminho e a sua proposta – a esse não o escandaliza nem o espanta que da cruz tenha nascido a vida plena, a vida verdadeira.

 

A segunda leitura convida os cristãos, revestidos de Cristo pelo Batismo, a continuarem a sua caminhada de vida nova, até à transformação plena que acontecerá quando, pela morte, tivermos ultrapassado a última fronteira da nossa finitude.

 

Portal dos Dehonianos
 
MEDITAR
 
O QUE SE VÊ DAQUI, DESTE LUGAR A QUE CHEGAMOS?


Dizem que a Fé é um promontório, lugar de avistamento e descanso,
e a Esperança é que é o caminho
Sou de me fiar



O que se vê daqui, deste lugar a que chegámos?


Abrir os olhos da Fé é dar de caras com Jesus, Vivo e Ativo,
insinuante e todo dado a começos


Suscitado entre nós,
ReSuscitado para nós


Homem como nós, Bom como Deus,
Jesus é o presente mais bonito que Deus ofereceu à Humanidade,
e o presente mais bonito que a Humanidade ofereceu a Deus


A Sua ressurreição é Insurreição Divina,
um Deus em desacordo com os mandantes de turno,
o Deus das vítimas e dos últimos


Se Deus ReSuscitou Jesus, o castigado e condenado,
então não é um Deus que castiga e condena em nome da sua justiça
mas o Deus dos castigados e condenados pelas nossas injustiças


A ressurreição de Jesus é revelação da Última Palavra de Deus
acerca das nossas maldades e desmandos,
afinal, todas penúltimas, todas a prazo, todas vencíveis


Daqui conseguimos vislumbrar, como um rumor,
que passa ainda entre nós aquele que não se deteve no passado
nem nós conseguimos reter neste presente
Ele segue sempre adiante,
vivo e andarilho,
a repetir as duas coisas que mais gosta de dizer:
"É Hora de Deus Reinar" e
"Segue-Me"                                                                                 
in Derrotar Montanhas (Adaptado)

Daqui deste lugar a que chegámos,
cheira ainda a Jesus, nem o tempo o levou
nem os nossos passos mais toscos
apagaram os vestígios das suas passadas por aqui
 
CONTO (597)
 
O SILÊNCIO
Um homem dirigiu-se a um convento de clausura, isto é, um convento onde se vive longe do ruído da cidade e num silêncio desejado. Perguntou a um desses monges:
- Que aprendeis vós com a vossa vida de silêncio?
O monge estava a tirar água de um poço. Disse ao seu visitante:
- Olha para o fundo do poço. Que vês lá dentro?
O homem olhou para dentro e disse:
- Não vejo nada.
O monge ficou algum tempo sem se mover e no final disse ao visitante:
- Contempla agora. Que vês no fundo do poço?
O homem obedeceu e respondeu:
- Agora vejo-me a mim próprio: espelho-me na água.
O monge concluiu:
- Vês? Quando eu mergulho o balde, a água fica agitada. Agora, pelo contrário, está tranquila. É esta a experiência do silêncio: o homem vê-se a si próprio.

 

" O Ressuscitado pede-nos para renascer, todos os dias,
 para nos distanciarmos do nosso pequeno e prepotente eu,
 para fazermos viver em nós um Tu maior,
 para morrermos para os nossos apegos, as nossas certezas,
 para darmos lugar ao deserto e esperarmos pela chuva.
 Pela água que desce do céu e faz florescer até a areia.»
 
Susanna Tamaro, in O Fogo e o Vento

 

INFORMAÇÕES
 
ADORAÇÃO DO SANTÍSSIMO
MANADAS - Quinta-feira, dia 31 de março, das 18 às 19 horas.
RIBEIRA SECA - Sexta-feira, dia 1 de abril, das 18 às 19 horas.
CALHETA - Sexta-feira, dia 1 de abril, das 18 às 19 horas.
CLÍNICA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DA CALHETA

 

                A Clínica dos Bombeiros Voluntários da Calheta informa que estarão na Clinica da Instituição os seguintes especialistas: Dr.ª Maria Graça Almeida, ginecologista e obstetra, no dia 29 de março; Dr.ª Renata Gomes, cardiologista, nos dias 11 e 12 de abril; Dr.ª Paula Pires, neurologista e neuropediatra, no dia 13 de abril; Dr.ª Guadalupe Benites, medicina interna nas áreas de diabetes, anemias e doenças infeciosas e toda a patologia do adulto, dia ainda por estabelecer; Dr. Brasil Toste, otorrinolaringologista, em abril/maio; Dr.ª Alexandra Dias, pediatra, no dia 6 de maio; Dr.ª Lourdes Sousa, dermatologista, em agosto.

 

As consultas podem ser marcadas para os números 295460110 0 ou 295460111.

 

 

Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: nº 738

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 819

Pensamento da Semana

 

Um anjo nunca se faz conhecer, nós só sabemos que ele esteve connosco quando ele parte. Porque deixa-nos na vida um perfume, deixa-nos na vida um desassossego.

 

Erri de Luca, in Em nome da mãe

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas