Nº 578

 

O TAMANHO DAS PESSOAS

 
Os Tamanhos variam conforme o grau de envolvimento...
Uma pessoa é enorme para ti, quando fala do que leu e viveu,
quando te trata com carinho e respeito,
quando te olha nos olhos e sorri .
 
É pequena para ti quando só pensa em si mesma,
quando se comporta de uma maneira pouco gentil,
quando fracassa justamente no momento em que
teria que demonstrar o que há de mais importante entre duas pessoas:
a amizade, o carinho, o respeito, o zelo e até mesmo o amor.
 
Uma pessoa é gigante para ti quando se interessa pela tua vida,
quando procura alternativas para o seu crescimento,
quando sonha junto contigo.
 
É pequena quando se desvia do assunto.
 
Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam dela,
mas de acordo com o que espera de si mesma.
Uma pessoa é pequena quando se deixa reger por comportamentos da moda.
 
Uma mesma pessoa pode aparentar grandeza ou pequenez dentro de um relacionamento,
pode crescer ou decrescer num espaço de poucas semanas.
Uma deceção pode diminuir o tamanho de um amor que parecia ser grande.
Uma ausência pode aumentar o tamanho de um amor que parecia ser ínfimo.
 
É difícil conviver com esta elasticidade:
as pessoas se agigantam e se encolhem aos nossos olhos.
O nosso julgamento é feito não através de centímetros e metros,
mas de ações e reações, de expectativas e frustrações.
 
Uma pessoa é única ao estender a mão, e ao recolhê-la inesperadamente torna-se mais uma.
O egoísmo unifica os insignificantes.
Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande...
É a sua sensibilidade, sem tamanho...
 
William Shakespeare

 III DOMINGO DA QUARESMA

Tema

Nesta terceira etapa da caminhada para a Páscoa somos chamados, mais uma vez, a repensar a nossa existência. O tema fundamental da liturgia de hoje é a “conversão”. Com este tema enlaça-se o da “libertação”: o Deus libertador propõe-nos a transformação em homens novos, livres da escravidão do egoísmo e do pecado, para que em nós se manifeste a vida em plenitude, a vida de Deus.
O Evangelho contém um convite a uma transformação radical da existência, a uma mudança de mentalidade, a um recentrar a vida de forma que Deus e os seus valores passem a ser a nossa prioridade fundamental. Se isso não acontecer, diz Jesus, a nossa vida será cada vez mais controlada pelo egoísmo que leva à morte.
A segunda leitura avisa-nos que o cumprimento de ritos externos e vazios não é importante; o que é importante é a adesão verdadeira a Deus, a vontade de aceitar a sua proposta de salvação e de viver com Ele numa comunhão íntima.
A primeira leitura fala-nos do Deus que não suporta as injustiças e as arbitrariedades e que está sempre presente naqueles que lutam pela libertação. É esse Deus libertador que exige de nós uma luta permanente contra tudo aquilo que nos escraviza e que impede a manifestação da vida plena.
Dehonianos 
 

MEDITAR

MUDAR OU NÃO MUDAR...

Fui um neurótico por muitos anos.
Cheio de depressões, angústias e egoísmos.
E toda a gente me dizia que mudasse;
acrescentando: «hás de ter muitos amigos, com esse feitio».
Eu sentia isso e concordava, ao mesmo tempo;
e queria até mudar, mas não podia;
e tentando, tentava o impossível.

Mas o que mais me feriu foi um amigo,
o meu melhor amigo, ele também, sempre a dizer:
«tu precisas de mudar, estás neurótico!».

Certo dia, porém, este amigo foi diferente:
«Não mudes! - disse. Fica assim como és!
Eu gosto de ti; não mudes;
não consigo deixar de te amar!».

Que melodia foi, nos meus ouvidos,
esta frase do amigo: «Não mudes... Não mudes!
Não mudes... eu gosto de ti!».

Posto isto, relaxei; voltei à vida
e, oh grande maravilha, foi então que eu mudei!

Agora sei que não teria conseguido, realmente, transformar-me, até ao dia em que encontrasse alguém que me amasse do modo que eu era: com ou sem mudança!

É assim que Vós me amais, oh Deus?
O canto do pássaro, Anthony de Mello
 

CONTO (439)

 

DAR A VIDA

Um dia, num desses países onde a guerrilha parece nuca mais terminar, um automóvel da missão católica ousou atravessar uma densa floresta. Era necessário ir visitar uma comunidade.
A um certo momento, apareceram os guerrilheiros mascarados que ordenaram:
- Parem e saiam todos do carro!
Assim fizeram. Desceu o motorista da missão, uma religiosa e um jovem catequista.
Em seguida, o chefe dos guerrilheiros disse:
- Não tenham medo, que não vos vamos matar! Mas um de vós tem de ficar como refém até que o governo nos dê o dinheiro que lhes vamos pedir.
Depois de uns momentos de silêncio angustiado, olhando uns para os outros, perante as armas dos guerrilheiros, a religiosa tomou a palavra e disse:
- Fico eu como refém. O motorista é pai de família, tem mulher e filhos. E este jovem tem seus pais à sua espera.
Os guerrilheiros aceitaram a oferta. A religiosa despediu-se comovida dos companheiros. Os outros seguiram viagem. Ela ficou refém dos guerrilheiros, caminhando com eles na floresta.
À noite, contemplando as estrelas, pensou: «Agora descobri qual a minha vocação. Dar a vida pelos outros».
 In Bom dia, alegria de Pedrosa Ferreira

 

A sabedoria não consiste em ser sábio. A palavra vem do latim sapere, que significa "apreciar", "saborear". A sabedoria é o dom de saborear como é bom amar.
 
Abbé Pierre 

 

INFORMAÇÕES

Dia do Catequista

No próximo sábado será celebrado o Dia do Catequista na nossa ilha de S. Jorge.
O encontro será realizado na Pousada da Juventude da Ilha de S. Jorge, na Vila da Calheta.
A concentração será pelas 10h, estando o encerramento marcado para as 15h.
Todos os catequistas estão convidados a participar neste momento de aprofundamento da nossa caminhada.
Devem também trazer algo para partilharmos todos ao almoço.
 

Dia Mundial da Juventude

A Pastoral Juvenil de S. Jorge irá apresentar o Dia Mundial da Juventude por toda a ilha.
Recordamos que o mesmo será celebrado a 24 de março, Domingo de Ramos.
As datas dos encontros de preparação são as seguintes:
Domingo 3 de março: Norte Grande e Norte Pequeno, nas Igrejas, a seguir à Eucaristia Dominical Biscoitos e Ribeira Seca, nas Igrejas a seguir à Eucaristia Dominical.
Segunda-feira 4 de março: Calheta, Igreja Matriz, pelas 19h e 30m
Rosais: Sede do agrupamento de Escuteiros, pelas 19h e 30m.
Terça-feira 5 de março: Santo Antão (garagem do Centro de Dia) pelas 20 horas.
Quinta-feira 7 de março: Velas, Sede dos Escuteiros, 18 horas.
Apelamos a todos os jovens interessados a dirigirem-se aos locais marcados ou a contatarem o Pe. Marcos ou algum dos membros coordenadores.
Vamos juntos fazer a festa da nossa fé.

Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 578

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 827

Pensamento da Semana

Dá-nos um coração claro que veja o céu aberto
e o mundo como os olhos de uma criança,
olhos de confiança e de descoberta
que nos salvem dos hábitos.

 

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas