Nº 575

 

QUARESMA: CAMINHO A 4 TEMPOS

Com a Quarta-feira de Cinzas começa um novo ciclo do ano litúrgico. É o ciclo da Páscoa que se inicia com a Quaresma. A Quaresma é tempo para muitas coisas. Queria sublinhar 4:
Tempo de preparação: Preparação para as Festas Pascais.
· O símbolo 40 contém sempre um sentido de preparação, e por isso de passagem.
· 40 dias do dilúvio – preparação para a reconciliação de Deus com a humanidade
· 40 dias de caminho do profeta Elias no deserto – preparação para o encontro e reconhecimento de Deus no Horeb.
· 40 anos do povo no deserto – preparação para a entrada na terra prometida.
· 40 dias de penitência de Nínive – preparação para receber o perdão de Deus.
· 40 dias de Jesus no deserto – preparação para a sua vida pública.
Tempo de conversão: Rasgai os vossos corações e não as vossas vestes.
· Ao ritmo da liturgia fazemos a avaliação da vida na relação com Deus e com os outros.
· É um desafio para a transformação da vida. Conversão supõe reconhecer que há coisas na vida de cada um que não estão bem e que podem e devem mudar.
· Pouco a pouco o Homem velho abre-se ao Homem novo redimido por Cristo iluminado pelo evangelho, capaz de transformar tudo à sua volta.
· Nós vos pedimos em nome de Jesus Cristo, reconciliai-vos com Deus.
Tempo favorável:
· Tempo privilegiado para novas atitudes, gestos de partilha, oração, jejum. Não para ser visto pelos Homens mas por Deus.
· Redescobrir o sentido que contêm estas propostas hoje no século XXI, é um desafio para os cristãos:
· Esmola – tem de tornar-se ajuda ao outro para, com justiça, resolver os seus problemas.
· Oração – tem de ser redescoberta como diálogo de intimidade com Jesus, que só na palavra de Deus se consegue plenamente.
· Jejum – é um convite a uma austeridade de vida indispensável para ter um coração disponível para Deus.
Tempo de contemplação e silêncio interior:
· Silêncio para encontrar Deus (como Elias na brisa suave). O Deus que pede mais, porque ama sempre mais.
· Silêncio para conversar com Jesus. Para falar, mas também para escutar. Escutar o convite: “arrependei-vos e acreditai no evangelho”
Então a Páscoas será vivida em plenitude.
Do Blog Jovens & Missões

 V DOMINGO DO TEMPO COMUM

Mais além

Naquele tempo Jesus subiu para o barco de Simão Pedro e pediu-lhe que se afastasse um pouco da terra e, do barco, começou a ensinar a multidão. Depois disse a Simão:
- Faz-te ao largo.
A vida ou a vocação de um homem é como um rio que se faz ao mar. Ao nascer é débil, dá uns trambolhões, passa por lugares estreitos e escuros mas pouco a pouco vai-se acalmando e encontra seu lugar próprio, torna-se meio de comunicação, por onde passa faz surgir esperança, partilha o que é mas nunca se esgota.
Diz-se que, mesmo ao entrar no oceano, o rio treme de medo. Olha para trás, para toda a jornada, os cumes, as montanhas, os vales, o caminho caprichoso pela planície e vê à sua frente um oceano, tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre. Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar. Tem de ir em frente. O rio precisa de arriscar e entrar no oceano. E somente quando entra no oceano é que o medo desaparece. Porque só então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano. Será apenas um renascimento.
Assim somos nós. Voltar atrás é impossível. Temos que ir em frente, arriscar e navegar mais além.
Faz-te ao largo tu também.
Coragem, torna-te oceano.
Pe. José David Quintal Vieira, scj
 

MEDITAR

 

DOIS TIPOS DE AMOR

 
"Há dois tipos de pessoas, porque há duas formas de amor.
Um amor santo, outro egoísta.
Um que se preocupa com o bem comum em favor do entendimento mútuo e da fraternidade espiritual,
o outro procura submeter o bem comum ao próprio bem,
satisfazendo a arrogância e a ânsia de domínio;
um é submisso a Deus,
enquanto o outro trabalha para igualar-se a Deus.

Enquanto um trabalha pela paz,
o outro é insubordinado;
um prefere a verdade às honras humanas,
o outro anseia pelos louvores, ainda que sejam falsos;
um é amigo,
o outro é invejoso;
um deseja para o próximo o mesmo que deseja para si,
o outro deseja submeter o próximo a si mesmo;
um ajuda os demais interessado neles,
o outro só se interessa por si mesmo."
Santo Agostinho
 

CONTO (437)

 

O MENSAGEIRO

Um dia, chegou a uma comunidade cristã uma mensagem vinda diretamente do Paraíso. Dizia assim: «Amanhã à tarde irei fazer-vos uma visita: Jesus».
Era sábado e o pároco mandou tocar o sino para que toda a gente se reunisse. Todos acorreram e ele anunciou solenemente:
- Amanhã, domingo, teremos uma visita de Jesus. Espero que todos estejam aqui de tarde para O receber dignamente.
De facto, no dia seguinte, chegou Jesus em pessoa. Todos esperavam que Ele fizesse um lindo sermão. Mas limitou-se a passar pelo meio da assembleia, a sorrir a cada pessoa. No final, subiu os degraus do altar e despediu-se, desejando uma boa noite.
O pároco perguntou-lhe:
- Não deseja passar a noite na residência paroquial?
Jesus respondeu:
- Não, obrigado. Prefiro passar a noite na igreja.
E foi assim que todos se foram embora. Quando, na manhã seguinte, foram ver se ainda ali se encontrava, já Ele tinha partido. Mas viram que nas paredes da igreja estava escrita a palavra «Atenção». Com letras grandes ou pequenas, a mesma palavra em toda a parte e de várias cores: «Atenção, atenção, atenção…»
 In Bom dia, alegria de Pedrosa Ferreira

 

Um amigo é aquele que nos recorda, muitas vezes, que estamos prometidos à alegria.
Um amigo é alguém capaz de olhar, mesmo que por um segundo que seja, o sorriso, desperto e adormecido, que cada um de nós traz no fundo da alma.
Um amigo é um pastor e um mestre do nosso sorriso.
José Tolentino Mendonça, in Nenhum Caminho será Longo

 

INFORMAÇÕES

REUNIÃO PARA OS COORDENADORES DA CATEQUESE

Convocam-se todos os coordenadores das catequeses paroquiais da ilha, para um encontro a realizar-se no dia 16 de fevereiro na Cáritas de Santa Catarina, na Vila da Calheta, às 14.30 horas. Tal encontro servirá para programar, em conjunto, a caminhada da catequese da ilha e como preparação para a celebração do Dia do Catequista. A presença de todos é importante.

 

 

ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS DAS VELAS

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Velas informa os seus associados que, de acordo com os novos estatutos, as quotizações deverão ser pagas até ao dia 31 de março. Mais informa que os associados com as quotas em dia  beneficiam do desconto de três cêntimos por litro  de combustível e de descontos  até 6%  em géneros alimentícios.

Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 575

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 827

Pensamento da Semana

Dá-nos um coração claro que veja o céu aberto
e o mundo como os olhos de uma criança,
olhos de confiança e de descoberta
que nos salvem dos hábitos.

 

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas