Nº 573

 

CONCÍLIO

Este “Ano da Fé” teve início no dia 11 de outubro de 2012. O Papa lembrando os cinquenta anos da abertura do Concílio Vaticano II, acontecimento marcante da igreja e da humanidade, pede que façamos uma redescoberta do caminho da fé para fazer brilhar a alegria do encontro com Cristo.
Neste “Ano da Fé” é bom olhar estes acontecimentos e não os ver como uma coisa antiquada, mas procurar fazer o que ainda não foi feito e que está nas palavras e na intenção do Concílio. Assim, julguei importante dar algumas pistas para nos aproximarmos e despertarmos a curiosidade para o conhecermos melhor.
Um Concílio deve reunir os Bispos de todo o mundo para, em colégio, meditarem sobre os assuntos da Igreja que precisam de ser esclarecidos e dar respostas às inquietações da humanidade para se poder renovar a Igreja. Naquele tempo, a Igreja parecia que estava a perder o seu vigor e era intenção do Concilio compreendê-la melhor e dar-lhe uma nova dinâmica. A esta dinâmica o Papa João XXIII chamou de «Aggiornamento» palavra que ficou famosa naquele tempo.
 O Concílio aconteceu no Vaticano e teve o seu início em 1962 com o Papa que o convocou, João XXIII, e terminou em 1965 com Paulo VI.
Do Concílio surgiram 16 documentos que tratam os principais assuntos da Igreja e do mundo. Todos eles são atuais.
Tratam da presença da Igreja no mundo, da Igreja em si mesma, a importância da Palavra de Deus, e da própria liturgia para que seja mais vivida e compreendida pelos vários povos. Trata da evangelização, importância dos movimentos e apostolado dos leigos, a relação da Igreja com as outras religiões, a liberdade religiosa, os meios de comunicação social, a formação dos sacerdotes, podemos dizer que é um tesouro que ainda está muito por descobrir e que é fundamental para a nossa fé e vivência como Igreja que se quer viva e atuante.
Pe. Manuel António 

MEDITAR

EU VOS OFEREÇO, MEU DEUS

Eu Vos ofereço, meu Deus,
Os dias de todos os dias
Com que me teceis a vida,
Os gestos quotidianos
Que dispersam meus dedos,
E a lâmpada acesa
Que faz recuar a sombra,
E a sombra que se esconde
Nos recantos da casa.
 
Eu Vos ofereço, meu Deus,
As noites de todas as noites
Que terminam meus dias,
A lâmpada que se apaga
Nos limites do sono
A noite de ventre cálido,
Deitada sobre os meus sonhos,
E os meus sonhos povoados
De pavões e chafarizes.
 
Eu Vos ofereço, meu Deus,
Os feixes de sol
Que colhia inutilmente
Quando tinha sol,
Os rosários de chuva
Que me corriam pelos dedos,
Os galhos de cipreste
Em ramos da minha alegria
Oferecida aos Vossos cinzéis
 
Eu Vos ofereço, meu Deus,
A vida de todos os dias
Com que me teceis a vida,
In Alegria de S. Conduché
 

CONTO (435)

 

FOI TUDO ESQUECIDO

Uma mulher dizia que Deus lhe tinha aparecido numa visão. Foi contar o sucedido ao bispo:
- Senhor bispo, Deus apareceu-me durante a noite. Era muito belo, sorriu para mim, disse que me tinha muito amor. Depois desapareceu.
O bispo, sempre muito incrédulo quando lhe falavam de visões, disse-lhe:
- Minha senhora, isso é certamente ilusão.
A mulher continuava a afirmar que era verdade. Foi então que o bispo lhe disse:
- A senhora deve perceber que eu, como bispo, tenho autoridade para dizer se as aparições são verdadeiras ou falsas.
- Certamente, senhor bispo. E então que devo fazer se Deus me aparecer de novo?
- A próximo vez que te aparecer, como tu julgas, pergunta-lhe quais são os meus pecados. Se for verdade que é Deus quem te aparece, Ele dirá alguma coisa. Depois vens para me dizeres o que te respondeu.
Passado um mês, a senhora veio ter com o bispo, que lhe perguntou:
- Deus voltou a aparecer-te?
- Sim, senhor bispo.
- E o que te disse acerca dos meus pecados?
- Disse-me: «Diz ao bispo que esqueci os seus pecados».
 In Bom dia, alegria de Pedrosa Ferreira

 

(...) Nada é mais criativo que o Amor e nada é mais decisivo que o Perdão.

(...) E amar simplesmente, abdicando do desejo egoísta de querer mudar os outros, é semente de milagres. Optar por calar esta mania que quase todos levamos dentro de cobrar aos outros o que eles deviam ser é um caminho de cura interior.

Porque a doença que nos mata não costuma estar fora de nós.
 
Rui Santiago

 

INFORMAÇÕES

RECEITAS

BISCOITOS - Cortejo de oferendas e Natal 540 €.
 

CLÍNICA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DA CALHETA

A Associação dos Bombeiros Voluntários da Calheta informa que estarão naclínica da instituição os seguinte médicos:
Dr. ª Maria Graça Almeida, especialista em Ginecologia e Obstetrícia no dia 5 de março de 2013
Dr. ª Lourdes Sousa, Especialista em Dermatologia, nos dias 6 e 7 de março de 2013
Dr. ª Alexandra Dias, Especialista em Pediatria, nos dias 8 e 9 de março de 2013
Os eventuais interessados podem fazer as suas marcações para os números 295 460 110 / 295460111.
 

RETIRO DO CRISMA

A equipa da Pastoral Juvenil da Ilha de São Jorge irá efetuar o retiro para todos os jovens que se preparam para receber o sacramento do crisma. Irá realizar-se nos dias 22, 23 e 24 de fevereiro. O retiro não é obrigatório. Devem participar, de livre vontade, aqueles que querem aprofundar a sua caminhada e a sua preparação, para o sacramento que irão receber.
As inscrições devem ser entregues aos párocos até ao dia 14 de fevereiro.
 

Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 573

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 819

Pensamento da Semana

 

Um anjo nunca se faz conhecer, nós só sabemos que ele esteve connosco quando ele parte. Porque deixa-nos na vida um perfume, deixa-nos na vida um desassossego.

 

Erri de Luca, in Em nome da mãe

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas