Nº 550

 

FALAR CONTIGO

Falar de Ti, Jesus,
Pregar-Te, não é difícil.
Palavras, gestos, oratórias,
Discursos, conversas…
Um modo de vida,
Uma maneira de ocupar o tempo.
 
Falar Contigo, Jesus,
É mais difícil.
Penetrar-Te, conhecer-Te,
Amar-Te.
Deixar-se seduzir por Ti,
Ser invadido por Ti.
Deixar que Tu sejas vida
Das nossas vidas,
Que nos possuas,
Que sejas o Tudo,
É mais duro, mais exigente,
Mais árduo.
 
Dá-nos a graça de antes de falar de Ti,
Falar Contigo.
Antes de pregar-Te,
Conhecer-Te.
Antes de Te anunciar,
Ser possuído por Ti…
Para que a palavra tenha eficácia,
Dê fruto, seja «Redentora».
Para que haja menos palavras
E mais a Tua PALAVRA.
IN Firmes na Fé de Dário Pedroso, S. J.
 

XX DOMINGO DO TEMPO COMUM

A liturgia do 20º Domingo do Tempo Comum repete o tema dos últimos domingos: Deus quer oferecer aos homens, em todos os momentos da sua caminhada pela terra, o “pão” da vida plena e definitiva. Naturalmente, os homens têm de fazer a sua escolha e de acolher esse dom.
No Evangelho, Jesus reafirma que o objetivo final da sua missão é dar aos homens o “pão da vida”. Para receber essa vida, os discípulos são convidados a “comer a carne” e a “beber o sangue” de Jesus – isto é, a aderir à sua pessoa, a assimilar o seu projeto, a interiorizar a sua proposta. A Eucaristia cristã (o “comer a carne” e “beber o sangue” de Jesus) é um momento privilegiado de encontro com essa vida que Jesus veio oferecer.
A primeira leitura oferece-nos uma parábola sobre um banquete preparado pela “senhora sabedoria” para os “simples” e para os que querem vencer a insensatez. Convida-nos à abertura aos dons de Deus e à disponibilidade para acolher a vida de Deus (o “pão de Deus que desce do céu”).
A segunda leitura lembra aos cristãos a sua opção por Cristo (aquele Cristo que o Evangelho de hoje chama “o pão de Deus que desceu do céu para a vida do mundo”). Convida-os a não adormecerem, a repensarem continuamente as suas opções e os seus compromissos, a não se deixarem escorregar pelo caminho da facilidade e do comodismo, a viverem com empenho e entusiasmo o seguimento de Cristo, a empenharem-se no testemunho dos valores em que acreditam.
Dehonianos
 

MEDITAR

 

PRECE DE SOLIDÃO

 
Eis-me aqui, meu Deus!
 
Prece desajeitada
Que perdeu suas chaves.
Ombros acanhados,
Gibosos de solidão.
 
Não peço a sombra da certeza,
Nem o fim do combate,
Nem mesmo da presença
Porque estou ainda mais só
Nas horas de afluência,
Entre a multidão da rua.
 
Não pretendo tão pouco
Saber, tocar.
És multidão de rostos.
Quem, pois, Te poderia ver?
 
Será preciso amar.
Não fugirei
Ao perigo que eu próprio sou,
Nem a andar por meus passos
In Viver  J. Debruyne
 

CONTO (414)

 

A FLOR DA GRATIDÃO

Uma noite, uma mulher estava de pé junto de um automóvel parado, à beira de uma estrada de pouco movimento. O carro tinha tido uma avaria e necessitava urgentemente de ajuda. Esperou desesperadamente durante algum tempo à chuva.
Passou por ali um jovem negro, que parou e disse:
- Precisa de alguma coisa’
A mulher respondeu:
- O meu carro avariou. Necessito de ajuda!
O jovem imediatamente pôs mãos à obra e conseguiu pôr o carro a andar. A mulher, muito agradecida, pediu-lhe a sua direção, e cada qual seguiu o seu caminho.
Uma semana depois, alguém bateu à porta do jovem negro. Era um desconhecido que, trazendo uma grande embalagem, lhe disse:
- Venho da parte da mulher que o senhor ajudou na estrada há oito dias, quando o seu carro avariou. Isto é para si.
O jovem negro recebeu a oferta. Ao abrir a embalagem, estava dentro um maravilhoso aparelho de televisão e um cartão que dizia: «Muito obrigada por me ter ajudado naquela noite de chuva. Graças à sua ajuda, consegui chegar a tempo para ver o meu marido ainda com vida, pois nesse instante estava em agonia. Deus lhe pague!»
 In Alegre Manhã de Pedrosa Ferreira

 

Amar é uma mistura de alegria e medo; de paz por um lado e ameaça de guerra pelo outro. É pensar que a felicidade tem nome e endereço. É temer não estar à altura. É sofrer tanto quanto querer.
Bruno Campel 

 

INFORMAÇÕES

 

CLÍNICA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DA CALHETA

A Direção da Associação de Bombeiros Voluntários da Calheta informa que vem à clínica desta instituição, com data ainda por estabelecer, a Psicóloga Carla Simões.
Na eventualidade de haverem utentes interessados nesta especialidade podem fazer a marcação na secretaria da Instituição ou através dos seguintes números de telefone 295 460 111 (secretaria) 295460110 (geral).
 

NOMEAÇÕES DOS PRESBÍTEROS PARA O ANO PASTORAL 2012-2013

Em nota enviada pela Vigararia geral da Diocese de Angra, damos conta das nomeações para o Ano pastoral 2012/2013.
O Bispo diocesano com o colégio dos seus presbíteros têm como missão garantir às comunidades cristãs da Diocese o dom do ministério sacerdotal. A diminuição do número de sacerdotes diocesanos e a dispersão populacional da Diocese exigem uma distribuição dos sacerdotes com novas formas e estruturas. Acentua-se, nas nomeações deste ano, a fórmula de “unidade pastoral”, isto é, um conjunto de Paróquias entregues a um grupo de sacerdotes, que trabalhando num conjunto mais vasto de comunidades, garantirão o ministério sacerdotal. Esperamos a compreensão das comunidades para aceitarem, em ação de graças, o que é possível garantir-lhes e oferecer-lhes, não supervalorizando tradições e hábitos adquiridos. A missão do sacerdote não é, apenas, presidir a atos de culto. Ele é sacramento de Cristo Bom Pastor, deve acompanhar espiritualmente o crescimento na fé dos cristãos e garantir a formação de todos, mas sobretudo dos que participam na realização da missão da Igreja.
Assim, O Bispo de Angra faz as seguintes nomeações de presbíteros para o próximo Ano Pastoral 2012-2013.
São Jorge
Santo Antão e Topo – P. Luís Carlos Vieira da Silva
Velas – P. António Duarte Azevedo
Norte Grande, Norte Pequeno e Santo António - Pe. Rafael Diogo de Sousa

 

FESTA DE Sta FILOMENA

Fajã da Penedia

 
FESTA: Dia 26 de agosto - MISSA 11h - PROCISSÃO a seguir.
 

FESTA DE Nssa Sra DO LIVRAMENTO

 Loural

TRÍDUO: Dias 22, 23 e 24 de agosto - MISSA 20h.
FESTA: Dia 26 de agosto - MISSA às 12h - PROCISSÃO a seguir.
 

FESTA DE Nssa Srª da ENCARNAÇÃO

Ribeira do Nabo

 
FESTA: Dia 26 de agosto -  MISSA 18h - PROCISSÃO a seguir.

Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 550

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 819

Pensamento da Semana

 

Um anjo nunca se faz conhecer, nós só sabemos que ele esteve connosco quando ele parte. Porque deixa-nos na vida um perfume, deixa-nos na vida um desassossego.

 

Erri de Luca, in Em nome da mãe

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas