Nº 550

 

FALAR CONTIGO

Falar de Ti, Jesus,
Pregar-Te, não é difícil.
Palavras, gestos, oratórias,
Discursos, conversas…
Um modo de vida,
Uma maneira de ocupar o tempo.
 
Falar Contigo, Jesus,
É mais difícil.
Penetrar-Te, conhecer-Te,
Amar-Te.
Deixar-se seduzir por Ti,
Ser invadido por Ti.
Deixar que Tu sejas vida
Das nossas vidas,
Que nos possuas,
Que sejas o Tudo,
É mais duro, mais exigente,
Mais árduo.
 
Dá-nos a graça de antes de falar de Ti,
Falar Contigo.
Antes de pregar-Te,
Conhecer-Te.
Antes de Te anunciar,
Ser possuído por Ti…
Para que a palavra tenha eficácia,
Dê fruto, seja «Redentora».
Para que haja menos palavras
E mais a Tua PALAVRA.
IN Firmes na Fé de Dário Pedroso, S. J.
 

XX DOMINGO DO TEMPO COMUM

A liturgia do 20º Domingo do Tempo Comum repete o tema dos últimos domingos: Deus quer oferecer aos homens, em todos os momentos da sua caminhada pela terra, o “pão” da vida plena e definitiva. Naturalmente, os homens têm de fazer a sua escolha e de acolher esse dom.
No Evangelho, Jesus reafirma que o objetivo final da sua missão é dar aos homens o “pão da vida”. Para receber essa vida, os discípulos são convidados a “comer a carne” e a “beber o sangue” de Jesus – isto é, a aderir à sua pessoa, a assimilar o seu projeto, a interiorizar a sua proposta. A Eucaristia cristã (o “comer a carne” e “beber o sangue” de Jesus) é um momento privilegiado de encontro com essa vida que Jesus veio oferecer.
A primeira leitura oferece-nos uma parábola sobre um banquete preparado pela “senhora sabedoria” para os “simples” e para os que querem vencer a insensatez. Convida-nos à abertura aos dons de Deus e à disponibilidade para acolher a vida de Deus (o “pão de Deus que desce do céu”).
A segunda leitura lembra aos cristãos a sua opção por Cristo (aquele Cristo que o Evangelho de hoje chama “o pão de Deus que desceu do céu para a vida do mundo”). Convida-os a não adormecerem, a repensarem continuamente as suas opções e os seus compromissos, a não se deixarem escorregar pelo caminho da facilidade e do comodismo, a viverem com empenho e entusiasmo o seguimento de Cristo, a empenharem-se no testemunho dos valores em que acreditam.
Dehonianos
 

MEDITAR

 

PRECE DE SOLIDÃO

 
Eis-me aqui, meu Deus!
 
Prece desajeitada
Que perdeu suas chaves.
Ombros acanhados,
Gibosos de solidão.
 
Não peço a sombra da certeza,
Nem o fim do combate,
Nem mesmo da presença
Porque estou ainda mais só
Nas horas de afluência,
Entre a multidão da rua.
 
Não pretendo tão pouco
Saber, tocar.
És multidão de rostos.
Quem, pois, Te poderia ver?
 
Será preciso amar.
Não fugirei
Ao perigo que eu próprio sou,
Nem a andar por meus passos
In Viver  J. Debruyne
 

CONTO (414)

 

A FLOR DA GRATIDÃO

Uma noite, uma mulher estava de pé junto de um automóvel parado, à beira de uma estrada de pouco movimento. O carro tinha tido uma avaria e necessitava urgentemente de ajuda. Esperou desesperadamente durante algum tempo à chuva.
Passou por ali um jovem negro, que parou e disse:
- Precisa de alguma coisa’
A mulher respondeu:
- O meu carro avariou. Necessito de ajuda!
O jovem imediatamente pôs mãos à obra e conseguiu pôr o carro a andar. A mulher, muito agradecida, pediu-lhe a sua direção, e cada qual seguiu o seu caminho.
Uma semana depois, alguém bateu à porta do jovem negro. Era um desconhecido que, trazendo uma grande embalagem, lhe disse:
- Venho da parte da mulher que o senhor ajudou na estrada há oito dias, quando o seu carro avariou. Isto é para si.
O jovem negro recebeu a oferta. Ao abrir a embalagem, estava dentro um maravilhoso aparelho de televisão e um cartão que dizia: «Muito obrigada por me ter ajudado naquela noite de chuva. Graças à sua ajuda, consegui chegar a tempo para ver o meu marido ainda com vida, pois nesse instante estava em agonia. Deus lhe pague!»
 In Alegre Manhã de Pedrosa Ferreira

 

Amar é uma mistura de alegria e medo; de paz por um lado e ameaça de guerra pelo outro. É pensar que a felicidade tem nome e endereço. É temer não estar à altura. É sofrer tanto quanto querer.
Bruno Campel 

 

INFORMAÇÕES

 

CLÍNICA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DA CALHETA

A Direção da Associação de Bombeiros Voluntários da Calheta informa que vem à clínica desta instituição, com data ainda por estabelecer, a Psicóloga Carla Simões.
Na eventualidade de haverem utentes interessados nesta especialidade podem fazer a marcação na secretaria da Instituição ou através dos seguintes números de telefone 295 460 111 (secretaria) 295460110 (geral).
 

NOMEAÇÕES DOS PRESBÍTEROS PARA O ANO PASTORAL 2012-2013

Em nota enviada pela Vigararia geral da Diocese de Angra, damos conta das nomeações para o Ano pastoral 2012/2013.
O Bispo diocesano com o colégio dos seus presbíteros têm como missão garantir às comunidades cristãs da Diocese o dom do ministério sacerdotal. A diminuição do número de sacerdotes diocesanos e a dispersão populacional da Diocese exigem uma distribuição dos sacerdotes com novas formas e estruturas. Acentua-se, nas nomeações deste ano, a fórmula de “unidade pastoral”, isto é, um conjunto de Paróquias entregues a um grupo de sacerdotes, que trabalhando num conjunto mais vasto de comunidades, garantirão o ministério sacerdotal. Esperamos a compreensão das comunidades para aceitarem, em ação de graças, o que é possível garantir-lhes e oferecer-lhes, não supervalorizando tradições e hábitos adquiridos. A missão do sacerdote não é, apenas, presidir a atos de culto. Ele é sacramento de Cristo Bom Pastor, deve acompanhar espiritualmente o crescimento na fé dos cristãos e garantir a formação de todos, mas sobretudo dos que participam na realização da missão da Igreja.
Assim, O Bispo de Angra faz as seguintes nomeações de presbíteros para o próximo Ano Pastoral 2012-2013.
São Jorge
Santo Antão e Topo – P. Luís Carlos Vieira da Silva
Velas – P. António Duarte Azevedo
Norte Grande, Norte Pequeno e Santo António - Pe. Rafael Diogo de Sousa

 

FESTA DE Sta FILOMENA

Fajã da Penedia

 
FESTA: Dia 26 de agosto - MISSA 11h - PROCISSÃO a seguir.
 

FESTA DE Nssa Sra DO LIVRAMENTO

 Loural

TRÍDUO: Dias 22, 23 e 24 de agosto - MISSA 20h.
FESTA: Dia 26 de agosto - MISSA às 12h - PROCISSÃO a seguir.
 

FESTA DE Nssa Srª da ENCARNAÇÃO

Ribeira do Nabo

 
FESTA: Dia 26 de agosto -  MISSA 18h - PROCISSÃO a seguir.

Faça download desta Carta Familiar em formato PDF: Nº 550

Agenda Pastoral

Destaque

Mais Recente Carta Familiar em PDF!

Nº 832

Pensamento da Semana

Se Deus é luz, e tantas religiões usam esta imagem para falar do divino, então Ele é o que não se vê mas faz ver. A luz não é para ser vista, é para iluminar tudo o resto. Se vejo as coisas, e as vejo em profundidade e com o seu verdadeiro sentido, escondido aos olhos comuns, então é porque algo, alguém, me faz ver. Procuras Deus? Olha para o mundo com olhos de ver.

Vasco Pinto de Magalhães, s.j.

 

Os nossos Links

Ouvidoria de São Jorge
FAJÃS Grupo de Jovens
Cartas Familiares Anteriores

H2ONews

Visitas


Ver Estatísticas